Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Como são o maior grupo de risco, os idosos devem manter-se resguardados em casa, enquanto o coronavírus não decidir afastar-se da humanidade...

As bochechas das crianças deixaram de estar em risco de ruborescer. Agora que estão longe dos avós, para lhes apertar e fazer tremer até eles começarem a gritar...

Os idosos contam que o mais lhes custa no isolamento é não poder abraçar os seus netos!
Também lhes custa ficar em casa, quando gostariam de poder entrar nos transportes públicos, à hora de ponta, para encher o autocarro de perfumes e odores não classificados como pandemias...

Já não é mau poder ver as crianças pelas janelas. Mas se for possível tocar nelas, sem causar nenhum perigo, então o jazigo que espere pela próxima vaga...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/mum-comes-up-heartwarming-idea-22025249)

Uma mãe teve uma ideia plastificada, em que os avós podem abraçar os seus netos e serem apenas contagiados com uma doença que só o amor pode curar...

Colocou 2 manguitos de plástico, devidamente isolados numa porta que dá acesso ao exterior e transporta os abraços dos meninos para o seu interior...


Alguns vizinhos meus já utilizam, há alguns anos, uma técnica similar nas janelas. Embora eu desconfie que só o façam para não terem de substituir os vidros partidos...

As crianças não se importam com o facto de terem de esfregar a cara numa cortina de plástico.
Mas ficam um nadinha tristes de não poderem sentir nas mãos dos avós, uma notinha dobrada em papel...

O cão da minha vizinha ladra-me sempre que passo por ele!
Já lhe tentei fazer umas festas. Não correu bem, fiquei com um trabalho de manicure digno de uma quarentena...

O faro destes animais é extraordinário!
Conseguem detetar fenómenos impercetíveis aos humanos. Entre elas, destacam-se o sedentarismo dos donos...


(fonte da imagem: https://www.msn.com/en-gb/news/offbeat/can-dogs-detect-covid-19-canines-in-training-to-sniff-out-virus/ar-BB1331lm)

Já decorrem treinos intensivos com algumas raças de cães que poderão detetar o coronavírus em humanos! Antes de evidenciarem sintomas como febre, tosse ou uma súbita vontade de sair à rua por nenhum motivo aparente...

O projeto inglês pretende colocar cães treinados, nos transportes públicos. Não confundir com aqueles animais que cheiram a cavalo, mas são os únicos que não se apercebem...

O treino atual passa por cheirar amostras de Covid-19, em troco de uma gratificação comestível.
Se o plano tiver bons resultados com humanos, os agentes coruninos poderão ser recompensados com horários alargados, para poderem cheirar traseiros e agregados...

Claro que o canito não está mascarado de grelha de automóvel! Então?
É óbvio que aquilo não é a sua casota e, como todos já devíamos saber, os gatos é que gostam de se aquecer nos motores dos carros. Por isso é devemos bater no capot -só do nosso automóvel- para alertar os animais que vamos voltar a poluir a atmosfera só porque é mais confortável usar o nosso próprio meio de transporte...


(fonte da imagem: https://www.autoblog.com/2019/10/30/dog-hit-by-car-found-alive-in-grille/?guce_referrer=aHR0cHM6Ly93d3cuZ29vZ2xlLnB0Lw&guce_referrer_sig=AQAAAIBGn92oZeqqjswsZY_z4rgUnSFhjIUSd3CQGZ-dkmRr1Z4qdYGiixsrypVS0QhW_ZipBkd6atYm3vV2kEgG8l8SGpIzf2BE5B8wpLU6fN_qMhvJpl7unvkHMEku7PHi1SynIeVN-wulTKVjhegFc_U4PE3iNFLDlnQlUiMGXAtt&guccounter=2)

O Coco foi atropelado e ficou entalado durante uma viagem de 45 minutos! Só partiu alguns ossos e já confessou à CMTV que prefere viajar no banco de trás...

O condutor apercebeu-se do embate, saiu do carro e apenas verificou que a parte frontal tinha danos menores, não se apercebendo da boleia desconfortável. Será que ele algum vez reparou que a estrada tem sinais de trânsito e semáforos coloridos???

Pedir indicações a pedrestres, sobre o caminho a seguir, é coisa do século passado!
Parar o carro? Abrir o vidro? Conversar? Com estranhos locais? Se se lembram de ter seguido estes passos, então estarão agora com um doce sentimento de nostalgia...

O Google Maps veio substituir a aventura na descoberta e criar um alerta para nos avisar que não devemos parar nos locais que queremos ficar a conhecer... (I?)


(fonte da imagem: https://www.upi.com/Odd_News/2019/10/15/Italian-town-warns-tourists-not-to-use-Google-Maps-after-144-emergency-calls/5281571170797/)

A polícia de uma cidade italiana aconselha os turistas a confiarem apenas nas suas vistas e não usarem a aplicação da Google, de modo a não irem parar a um local sem wifi e sem tomada para carregarem o seu smartphone...

Será que o Google Maps não atualiza todos os caminhos, quelhos, ruelas e vielas e também não informa o utilizador qual o meio de transporte adequado alternativo a ficar sentado???

Com esta chuva que abençoa quem fica com a cara escondida abrigada, o transporte para os eventos sociais consegue ser uma aventura onde a única vara dura... é a do guarda-chuva!

 

Desta forma, o cenário perfeito seria utilizar os transportes públicos para fazer uma festa onde ninguém apanhasse frio (autocarros lotados?) e precisasse de sair, para chegar ao restaurante que tem a entrada ocupada por fumadores que querem abrigar os pulmões dos pingos do tolde...

 

HD Festa de aniversário em comboio.jpg

(fonte da imagem: https://www.upi.com/Unusual-birthday-party-held-aboard-subway-train/2141541773520/?rc_fifo=4)

 

Um metro em Nova Iorque foi o lugar escolhido para uma festa de aniversário onde não faltou lagosta, esparguete, vinho e equilíbrio...

 

No fim do percurso, toda a carruagem foi limpa e ninguém se esqueceu de arrumar a decoração, o lixo e os amigos bêbados desmaiados nos assentos...