Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

O casamento, já não tem a importância de outrora, na vida de um casal!
Os casais de agora não se preocupam com a hora de subir ao altar e dão pequenos passos num caminho que dispensam bem-fazer a pé descalço...

A tradição não se perdeu. Apenas se ganharam novas perspetivas, copiosamente ostensivas, onde os planos de futuro são feitos aos jantares, patrocinados preferencialmente por familiares...

Já ninguém precisa de casar, para selar um compromisso fácil de desvincular, com todas as alíneas de um contrato que pode ser revogado a cada abertura do mercado...

Contudo, ainda existem casamentos de pedra e cal! Podem até existirem algumas fissuras, mas as juras de amor conseguem desviar cursos de vários rios para o mesmo (a)mar...


(fonte da imagem: https://inews.co.uk/news/world/ecuador-worlds-oldest-couple-waldramina-quinteros-julio-mora-guinness-world-records-613620)

Um casal do Equador, vê o seu amor perdurar num casamento de 79 anos, onde a soma das suas idades perfaz 2 séculos, mais uma década e outra meia que já foi cosida à mão, vezes sem conta...

Casaram em segredo, pois nenhuma das famílias aprovava a união!
É como a história de uma telenovela atual, mas sem guião e intervalos intermináveis para publicidade...

É realmente um milagre estarem ambos lúcidos e saudáveis!
Não por terem mais de 100 anos cada um. Mas por terem sido professores, uma vida inteira...

Nunca pensaram em separar-se e escolher novos parceiros de dança, no centro de idosos da freguesia...

O seu segredo para a duração do matrimónio é dizer sempre a verdade!
Mesmo que isso implique inventar uma pequena história, enquanto aguardam que a sanidade apareça conforme a sua vontade...

Há apenas alguns meses, a ideia de que um sacerdote pudesse introduzir uma hóstia na boca de um paroquiano, era tão razoável como agora é ter de destapar a boca apenas para nos alimentarmos...

As novas recomendações de higiene já não permitem que "nos saudemos uns aos outros", com um beijo santo e resta-nos agora um pranto que só os olhos podem expressar...

Mas a tradição cristã não ficará órfã de bons ensinamentos!
Os lamentos e as lamúrias serão sempre as injúrias de quem comunga só da sua religião...


(fonte da imagem: https://news.sky.com/story/coronavirus-vicar-uses-chopsticks-to-serve-bread-in-holy-communion-safety-measure-12046449)

Uma vigária duma igreja inglesa mostrou a sua criatividade e destreza, ao utilizar pauzinhos chineses para dar a comunhão aos fregueses que receberam a ideia de mãos esticadas e barrigas alimentadas...

As hóstias também foram substituídas por cubinhos de pão que não se desperdiçam no fim da missa!
São transformados em crutons e pregados em pratos decorados...


Várias congregações em todo o mundo já estão a adotar a ideia para poder voltar a realizar a comunhão. Esta inovação vai substituir o uso de outros utensílios de cozinha, como a tenaz e aquele garfo longo com apenas 2 dentes...

O conceito é do agrado de todos os participantes da celebração!
Particularmente daqueles que tinham mais dificuldades em remover as hóstias do céu, da boca...

A paróquia assegura que os pauzinhos são devidamente higienizados no fim das cerimónias.
Para além do uso de produtos sanitários, também são mergulhados em soja e molho agridoce...

A tradição que transporta os noivos num carro é tão clássica como um casamento que sofre de ciática depois de pagar a primeira portagem...

A viatura é previamente polida para não ser submetida a uma intervenção de edição de imagem!
Da mesma forma que os noivos são barrados com uma base que nunca durará a vida toda, mas consegue perdurar até se cortar o bolo e outras camadas sem cobertura...

Para a noiva conseguir entrar no carro, é embrulhada no vestido. Para não ficar presa numa porta que tenderá a ficar trancada por defeito do fecho que já não responde ao seu próprio comando...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/bride-slammed-humiliating-snap-after-22385653)

Dois recém-casados foram insultados nas redes sociais, depois de publicarem uma foto onde a noiva aparece de joelhos a polir as jantes dum carro, com o vestido de noiva cheio de manchas negras, mas com a renda em dia...

O noivo aparenta estar a dar indicações com a ponta do dedo, sugerindo haver zonas sujas onde o 'paninho quente' vai ter de passar, o resto das suas vidas...

Como a noiva está de cócoras, não é percetível se está de saltos ou precisa de mudar os calços.
Pelo brilho do disco, assume-se que seja novo. Embora o sexismo seja um disco riscado que só consegue ser tocado em gira-discos cuja agulha já não pode ser trocada...

Não podemos excluir a possibilidade ambos poderem partilhar a mesma paixão!
Ele por carros e ela pela submissão ao condutor e à limpeza em união de jato...

A principal dificuldade em detetar surtos de Covid-19 é compreender porque é que as pessoas consideram a sua vida social mais importante que a saúde de todos...

Depois da proibição de festivais e ajuntamentos, ainda existem vários mandamentos lapidados em mentes quadradas. Notícias em todo o mundo, registam infeções evitáveis que não escolhem religiões, nem crenças saudáveis...

A tradição alimenta a cultura que perdura como uma vacina milenar...

Os negócios em família resultam sempre numa quezília, apenas sanada depois de gerações de falência e insolvência...


(fonte da imagem: https://www.buzz.ie/news/groom-dies-and-over-100-guests-test-positive-for-covid-19-after-wedding-in-india-376585)

Um noivo indiano contagiou mais de uma centena de convidados, depois de assegurar que apenas a morte pode separar marido, mulher e toda uma pobre província...


Alegadamente, já estava doente antes do casamento. Mas como em qualquer matrimónio martelado, ninguém fica chateado se o noivo está adoentado antes de cometer o primeiro pecado...

Faleceu 2 dias depois no hospital, sem chegar a ver o enxoval da sua mulher...

Como o corpo foi cremado, não chegou a ser autopsiado e comprovado o possível contágio!

A confirmação chegou em coro solene, num funeral onde compareceram todos os familiares e amigos. Inclusive aqueles que não tiveram a sorte de ser convidados para cumprimentar os noivos durante o casório...

As tradições começam a ser consideradas 'sem pé nem cabeça', principalmente quando é natural decorar a casa com uma árvore de Natal... 'de pernas para o ar'!


(fonte da imagem: https://www.marthastewart.com/1524196/upside-down-christmas-trees)

Não é novidade, mas a popularidade das árvores de Natal invertidas tem enfeitado as redes sociais, com raminhos espetados, bolas suspensas e prendas pretensas...

O Natal é quando alguém o quiser mostrar... na internet!

Aparentemente, são amigas dos animais e de habitações pequenas.
Pessoalmente, são inimigas das cerejas no topo do bolo estrelas no topo das árvores. E de quem só desvia o olhar do smartphone para olhar para o teto, quando todas as luzes se apagam...