Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

A obsessão de ser famoso nas redes sociais é um fenómeno novo, se pensarmos que muitos utilizadores na terceira idade, viveram as duas primeiras sem granjear popularidade...

Nem todos o fazem por atenção. Existem nobres influencers que apenas pretendem dinheiro e um mealheiro cheio de likes, visualizações e corações engaiolados em contornos negros...

A originalidade pode ser o segredo para atingir a fama e ferir todos os outros sentimentos!
Para ser único e inimitável, basta ser amável em todas as histórias de curta duração...

Se a história conta uma vida inteira de trabalho, então será mais fácil ser autêntico e aproveitar o que todos os outros deixaram para trás...

(fonte da imagem: https://edition.cnn.com/style/article/taiwan-laundromat-fashion/index.html)

Um casal de 80 anos, proprietário de uma lavandaria em Taiwan, tornou-se uma celebridade no Instagram, depois do neto criar uma conta com fotos tiradas com as roupas usadas, deixadas por clientes com outros assuntos mais urgentes...

O neto revelou que foi difícil convencê-los a realizar a sessão fotográfica!
Foi necessária muita paciência e algumas embalagens de Voltaren Emulgel...

Os velhinhos tinham receio que os clientes fossem reconhecer as roupas e regressassem à loja com o talão e uma razão convincente para ainda caberem naqueles trapinhos...

A conta do Instagram ganhou mais 170 mil seguidores em apenas um mês!
Agradeceram prontamente com uma publicação de um sorteio para lavagens gratuitas.
Com data de recolha das roupas a ser comunicada posteriormente...

A quarentena inspirou muitos padeiros amadores a cozer o pão que o Coronavírus amassou...

Várias receitas de pão caseiro mostraram que, com algum trabalho e pouco dinheiro, é possível comer mais saudável e fazer dieta de creme de pasteleiro...

Padarias e pastelarias voltaram a seduzir novamente os clientes que passaram a conhecer os ingredientes que não podem entrar no forno doméstico, pois provocam obesidade em porta-moedas e carteiras quentes...

O aproveitamento de recursos considerados inúteis nunca esteve tão à tona!
Não só se poupa água nas descargas, como se canaliza o que se remata para o interior das balizas brancas...


(fonte da imagem: https://nypost.com/2020/07/08/baker-uses-female-urine-to-make-goldilocks-bread/)

Uma padeira francesa consegue poupar à grande, com a certeza de utilizar urina feminina para fertilizar o trigo usado no fabrico de pão de amarelada coloração...

A urina provém diretamente de um urinol público de Paris, especialmente concebido para separar o trigo do joio. Ou seja, nesta casa de banho amiga, apenas é possível esvaziar a bexiga...

Não há provas científicas como a urina pode afetar o sabor do pão!
Mesmo assim, muitos clientes ainda fazem questão de saber se o padeiro lava as mãos... antes e depois de esticar a respetiva baguete!

Como a urina contém nitrogénio, pode ser aplicada na indústria da panificação!
Para além da vertente ecológica, também traz muitos benefícios na produtividade, uma vez que reduz drasticamente as pausas dos funcionários para ir à casa de banho...

A pandemia do Covid-19 pode ter sido a desculpa perfeita para não ir ao ginásio, durante a quarentena!

Agora que fomos convidados a voltar ao normal, lá teremos de arranjar novos motivos, para continuarmos vivos, obesos e sedentários...

Fazer exercício em casa é uma alternativa saudável! Embora requeira uma enorme disciplina e total concentração em manter uma distância magnética do frigorífico e uma proximidade suada do botão de criar stories no Instagram...

Também existe a opção de vestir a t-shirt e o calção, para fazer jogging no parque. A maior dificuldade consiste em escolher o dia que não esteja frio, quente ou com muita gente que pense da mesma maneira...


(fonte da imagem: https://edition.cnn.com/2020/06/17/us/coronavirus-workout-california-gym-trnd/index.html)

Um ginásio na Califórnia reabriu com um conceito de cubículo a preceito, onde o cliente fica isolado e protegido do vizinho que respira e sua no seu próprio ninho...

O uso de máscara durante o treino revelou-se asfixiante e a maioria dos utilizadores recusou-se a usá-la por não saber correr, saltar e puxar ferro, sem pôr a língua de fora...

A proteção plastificada convenceu quase todos os sócios do ginásio a voltar ao ativo!
Apenas uma pequena minoria não concorda com a ideia de treinar, sem a possibilidade de se cruzar com outras pessoas que possam cheirar o fruto do seu duro trabalho...

Cada cubículo dispõe de todos os pesos e máquinas necessárias, para queimar aquelas calorias que foram ingeridas naqueles dias em que toda a vida era um abafado cubículo...

O espaço individual reservado a cada cliente é perfeitamente arejado, de modo que não haja confusão entre a sala de exercícios e a sauna do ginásio...

Fazer sexo em tempo de pandemia é uma alergia atópica, tão atípica como uma coceira sazonal que ruboriza quem fricciona uma pele que não é só a sua...

Diversos estudos científicos sobre a transmissão do vírus, permitem concluir que passamos mais tempo com o Google do que com a nossa parceira de pesquisas corporais...

A possibilidade de contágio pela saliva, sangue, fluídos vaginais e sémen, fazem-nos refletir se não deveríamos efetuá-lo unicamente pelo risco de poder reproduzir...  

Ter cuidado com o ato sexual não significa executá-lo como um animal. Se bem que algumas espécies animais só o fazem com o mesmo parceiro que nem baba o travesseiro...


(fonte da imagem: https://www.thesun.co.uk/fabulous/11885268/im-so-scared-of-coronavirus-i-have-sex-with-ppe-on-i-deep-clean-my-bedroom-everyday-we-wear-face-masks-gloves/)

Desde o início do Covid-19, um casal britânico só pratica sexo protegido com máscara e luvas, depois de uma desinfeção tão profunda quanto os detergentes permitem...

A condição foi imposta por uma enfermeira que gosta de levar. Trabalho para casa...

Como qualquer homem, o namorado aceitou a exigência, sem precisar de ouvir os termos...

Já gastaram mais de 3 mil euros em material de proteção, desde o início da pandemia e desta atividade que leva a expressão 'brincar aos médicos' aos cuidados intensivos...

A duração da atividade sexual é programada e não são toleradas posições sexuais em que os parceiros estejam frente a frente!
Antes da pandemia também já era assim. Obviamente sem máscara e luvas. Pelo menos na boca de ambos...

A América do Sul é o novo epicentro da pandemia do (mesmo) Coronavírus!
O Brasil é o principal anfitrião duma catástrofe em proporção amazónica...
Nos restantes países sul americanos, os danos têm sido geridos com uma política mais responsável que a brasileira. Não é difícil, mas uma fronteira permite o contágio sem barreira...

A Colômbia tem recuperado lentamente, embora tenha os seus produtos cotados ao preço da chuva.
E como todos sabemos, a neve colombiana é bem mais valiosa...

A indústria tem retomado a produção e optado por medidas controversas. Muitas delas envolvem tapetes persas, entre a cama e o posto de trabalho...


(fonte da imagem: https://uk.reuters.com/article/uk-health-coronavirus-colombia-manufactu/colombian-factory-adds-bedrooms-for-workers-as-economy-slowly-reopens-idUKKBN2322HI)

Uma fábrica na Colômbia, implementou a colocação de camas no local de trabalho, para que os seus empregados façam um confinamento, com algum rendimento...

Têm o consentimento expresso de todos os trabalhadores, que preferem ficar na empresa do que na incerteza que a internet de casa falhe, durante uma videoconferência...

Em causa, está a saúde e segurança dos seus filhos. A maioria dos empregados tem medo de trazer o vírus para casa, entre algum trabalho suplementar...

Como muitos pais não têm quem tome conta dos filhos, alguns acabam por ficar sozinhos. Ficando vulneráveis às influências traumáticas da Telescola. Também a raptos de gangs...

Tal como na origem da pandemia, a China foi pioneira neste expediente prolongado!
A maioria dos chineses sempre esteve (habituado) a trabalhar enquanto dormia... vá lá, um bocado!