Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos


A sanita BeeVi converte fezes em energia eculógica e remunera os utilizadores com um pagamento digital que pode ser usado para adquirir café ou fruta, da época em que ganhar dinheiro sentado pode acontecer em qualquer mercado...

Ainda só está em funcionamento numa universidade da Coreia do Sul, onde os alunos fazem filas para ajudar o ambiente e as suas contas digitais...

Cada pessoa ganha 10 Ggool (moeda da merda) por cada libertação de cagalhão...

A tecnologia da sanita, aplica um sistema de sucção cagatória para armazenar e converter a matéria-porca em biogás e 'Vi o que comeste ontem à noite...'

Quem usa habitualmente esta sanita, não se apercebe que as fezes são aspiradas!
O sistema de aspiração tem apenas a intensidade suficiente, para manter as pessoas na sanita, o tempo estritamente necessário para fazer o depósito fecal...   

O uso de água neste sistema é praticamente inexistente!
À exceção de lavar as mãos após a usar. De momento, esse hábito ainda é para manter...

A energia produzida é convertida em eletricidade e aplicada nas cozinhas da cantina, cujo gás é relativamente fraco. Ou seja, não vale um peido...  

Em média, cada humano defeca 500 gramas por dia que podem ser convertidas em 50 litros de metano. O suficiente para gerar 0,5 kW de energia, capaz de mover um carro numa distância de 1,2 kms! Se pegarmos numa calculadora e fizermos as contas de uma deslocação até à nossa empresa, rapidamente chegamos à conclusão que não é mau, estar em teletrabalho...

(fonte da imagem: https://themindunleashed.com/2021/07/south-korean-toilet-turns-poo-into-green-energy-and-pays-its-users-digital-cash.html?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=south-korean-toilet-turns-poo-into-green-energy-and-pays-its-users-digital-cash)


(fonte da imagem: https://www.24sata.hr/lifestyle/sperminator-ima-78-djece-a-s-njim-trenutno-13-zena-ceka-bebu-748814)

Ari Nagel, também conhecido como o Esperminador, já perfilhou mais de 80 crianças e tem esperanças de chegar aos 100 filhos, sem se meter... em sarilhos!?

É dador de esperma em full-time, mas nos tempos livres ainda arranja tempo para ser professor universitário e obter algum salário sem exigir uma pensão de alimentos. Principalmente, de proteínas...

Antes de doar o seu esperma (naqueles frasquinhos que só vemos quando vamos fazer análises à urina) chegou a depositá-lo diretamente no respetivo banco de óvulos...


Como essa prática ortodoxa acarretava custos em jantares e bilhetes de cinema (para além de controlo constante de doenças venéreas), começou a guardar a sua descendência, em tupperwares que se podem transportar no bolso das calças...

Leva uma vida muito saudável e vai regularmente ao ginásio. Embora apenas faça treino de pernas...

Ari Nagel não faz apenas filhos, também é amante de pastelaria!
Adora fazer bolos, principalmente aqueles doces onde é preciso bater as natas em castelo...

Devido à sua vocação reprodutiva, deixou de comprar calças com braguilhas de botões. Também de fecho éclair. Até optar por não vestir nada da cinta para baixo. Como se já tivesse preparado para longos meses em regime de teletrabalho...

Muitos dos filhos biológicos querem conhecê-lo. Para isso, têm de fazer marcação, para não formar filas à porta da sua casa, como na loja do cidadão...


(fonte da imagem: https://hauterrfly.com/lifestyle/this-man-married-the-same-woman-four-times-and-divorced-her-three-times-to-get-extended-paid-leave/)

Um noivo doido de Taiwan, casou 4 vezes e divorciou-se apenas 3 da mesma mulher, no mesmo mês, com licença de vencimento até ao próximo casamento...

O homem trabalha num banco e para espanto dos seus patrões, deu 4 lições de como fechar bons negócios com a conta-corrente sempre em aberto...

A entidade patronal apenas lhe concedeu os dias do primeiro casamento, mas foi obrigada a pagar-lhe os restantes dias depois do tribunal reconhecer que casar 4 vezes com a mesma mulher dever-lhe-ia dar já uma merecida reforma antecipada...

O recurso em tribunal ainda não deu razão ao banco que alega falta de ética e abuso do sistema!
As primeiras investigações sobre o caso, que começaram por inspecionar as transferências da empresa, deram à procuradoria nova certeza que o casamento é o menos importante neste caso...

Os amigos do casal já contestaram a legalidade da decisão, pois não querem gastar mais um tostão em roupas e prendas para o próximo casório...

Até o padre da freguesia se recusa a celebrar nova missa e é forçado a discordar da justiça, com a premissa que vários convidados já acampam na igreja e vão à sacristia para fazer a sua higiene pessoal...

Pouco que sabe sobre a ocupação da noiva recém-divorciada, até à próxima semana...
Calcula-se que passe os dias à espera do fim de semana para fazer a mala e tirar o vestido de noiva da corda de secar a roupa...

Desconhece-se se há nova lua de mel, cada vez que se casam, ou se já ficam de papo ao sol, na varanda de casa, sem obrigatoriedade de regressar ao teletrabalho... 

O aumento das adoções de animais de estimação, foi o único bom aumento que ouvimos falar durante a primeira vaga da pandemia...
Nesta segunda vaga, entre o fim do lay-off e o regresso ao teletrabalho, há menos um galho a ser ocupado pelo bichinho que tanto carinho nos trouxe e nada levou consigo...

O abandono de animais voltou a crescer no final do ano e a chegada da vacina não trará a imunidade de inumanidade sazonal, proporcional à conveniência do Natal...


(fonte da imagem: https://torontosun.com/news/weird/rescue-cats-don-santa-suits-for-purrfect-korean-christmas)

Um café, na Coreia do Sul, resgata gatos abandonados para (n)os manter ocupados, onde nesta altura do ano são fardados a rigor para receberem os poucos clientes que procuram o amor felino fora do aconchego do lar... 

O café tem cerca de 130 gatos que não respeitam a distância de segurança, entre o colo e a pança dos clientes mais exigentes de calor e mimo...

Os clientes estão autorizados a alimentar os animais, desde que façam despesa suficiente para darem alimento ao proprietário e funcionários do estabelecimento...

Existem vários letreiros a avisar que os chocolates de decoração apenas se encontram junto às árvores de Natal e não estão espalhados nas caixas de areia...

A clientela habitual rondava as 100 pessoas diárias, mas com a pandemia, o número desceu para cerca de 30. Os clientes resistentes, preferem sair do café com a roupa cheia de pelo do que com os ouvidos cheios de conselhos de epidemiologistas amadores... 

O teletrabalho é uma atual alternativa para ganhar a vida e esperar pela sorte...

A pior parte são as reuniões de videoconferência, em que somos obrigados a manter a decência.
Pelo menos, da cinta para cima...

O melhor lado é não sentir o olfato, dum perfume barato ou de um hálito que carece de distância de segurança de fio a... bafio!


(fonte da imagem: https://life.shared.com/boss-accidentally-turned-herself-into-a-potato-during-a-video-meeting-and-couldnt-fix-it)

Uma diretora amadora no Zoom, transformou-se numa batata e, a parte mais chata, foi não saber desligar o filtro até ao fim da videoconferência...

Os colegas ainda tentaram reverter a situação, mas como não a conseguiram 'descozer', tiveram de optar pela batata a murro...

A chefe batatinha sabia que ia estar frita, assim que o vídeo fosse parar às redes sociais!

Até porque a última vez que isso aconteceu, aparecia toda descascada, no quarto, com o seu marido...