Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Semana de início de aulas. A incerteza da colocação dos professores e a certeza do regresso das dores de cabeça. Engarrafamentos nas estradas e carteiras descongestionadas...

Uma professora deu à luz na beira do passeio em frente à escola onde leciona e rapidamente toda a zona foi o centro do recreio para os alunos que ainda estão a aprender a brincar aos médicos...

HD Professora dá à luz na beira do passeio da es
(fonte da imagem: https://www.dailymail.co.uk/news/article-7440629/Sixth-grade-teacher-gives-birth-sidewalk-outside-Denver-middle-school.html)

Acordou de manhã com contrações mas não deu muita importância, uma vez que já estava habituada a tê-las sempre que recebia os e-mails da Fenprof local...

Quando os bombeiros chegaram ao local, já a mangueira umbilical tinha sido cortada por uma tesoura sem pontas, num saudável ajuste de contas entre a natalidade e segurança social...

Sempre que tenho de cortar o cabelo, com um barbeiro diferente, fico relutante e raramente confiante que irei permanecer com ambas as orelhas! A última vez que isso aconteceu, foi com um adolescente imberbe e borbulhento que -por ser o filho do barbeiro- não se lhe pode negar a oportunidade de nos marcar para a eternidade... 

 

A filha de um barbeiro de apenas 7 anos já domina a arte de cortar cabelo e manuseia as tesouras tal como um talhante o faz com o cutelo...

 

HD Menina barbeira de 7 anos de idade.jpg

(fonte da imagem: https://www.upi.com/Odd_News/2019/01/18/Seven-year-old-barber-draws-attention-at-Houston-shop/1021547827085/?rc_fifo=1)

 

Desde criança (mais nova, tipo meses, talvez um ano ou dois...) que observava minuciosamente o trabalho do pai e não tardou em deixar de fazer marrafas às Barbies para se aventurar a tosquiar o cabelinho a Kens de carne e osso...

 

Nenhum cliente se queixou do trabalho e ninguém se corta de ser atendido pela Pequena Barbeira.
Só a Segurança Social daquela cidade anda a cortar no controlo do trabalho infantil...

Na política, ouvir falar de limpezas adquire um sentido figurativo comparado à cegueira da justiça, à sustentabilidade da segurança social ou à reforma antecipada da educação!

Mas, como esta mancha não foi feita no chão da nossa terra, não vamos meter a esfregona numa água demasiado conspurcada para dar brilho ao pavimento...

 

HD Primeiro ministro, depois empregado de limpeza.

(fonte da imagem: https://www.truecolumn.com/viral-video-of-dutch-pm-mark-rutte-cleaning-up-floor-after-spilling-coffee-accidently-in-parliament/)

 

O primeiro-ministro holandês derramou café no chão e pegou na esfregona para limpar a sujeira que fez... antes de acabar o mandato!

 

Poderá ter sido uma estratégia de autopromoção, mas não devemos afastar a hipótese verosímil de ser uma contínua reavaliação do programa Novas Oportunidades (isto ainda existe?/é assim que se chama?)

 

A fila para a casa de banho das mulheres pode tornar-se uma manhã na Segurança Social e se juntarmos umas gotinhas de álcool ao desespero... podemos ver uma cena nada sexista, apenas um pouco jabardolas!

 

HD Mulher urina de pé na casa de banho dos homens

(imagem:https://s.yimg.com/ny/api/res/1.2/RAZfLXOuV4p1CzwAkMEuLQ--/YXBwaWQ9aGlnaGxhbmRlcjtzbT0xO3c9ODAw/http://l.yimg.com/cd/resizer/2.0/original/uj93JyG6zZumvma_zlVoIyJmLd0)

 

No intervalo de um jogo de futebol americano, uma mulher notoriamente alcoolizada, entrou na casa de banho dos homens e não se sentou para fazer o serviço... o xixi, vá!

 

É possível ver a mulher a descarregar o néctar da bexiga, enquanto segura a sua cerveja intacta...
Suponho que esta dama do urinol só se deve sentar na altura de ca...librar a ponteira do intestino!

Provavelmente, todos nós já ouvimos críticas invasivas e indesejadas dos nossos vizinhos sobre o nosso comportamento!
(Tive de parar de escrever este post para fechar as cortinas. Era isso ou vestir uma peça de roupa...)

 

Uma mãe brasileira resolveu moderar as línguas afiadas dos vizinhos, colocando uma lona à porta, com algumas condições para poderem opiniar sobre a sua vida...

 

HD Cartaz para os vizinhos coscuvilheiros.jpg

(imagem: http://cdn.ptjornal.com/wp-content/uploads/2017/07/patricia_monken_600.jpg)

 

Um dos mandamentos sugere que os vizinhos lavem as suas calcinhas e paguem as suas contas, antes de se sentirem no direito de apontar os binóculos e digitar o número da Segurança Social!

 

Esqueceu-se de acrescentar que não podem lavar as suas cuequinhas com o balde de saliva que se vai acumulando enquanto embaciam o vidro da janela...