Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Voltar a um restaurante depois da quarentena é como comer uma sopa amena!
Sabe bem, mas não aquece e ninguém esquece o preço que já pagou por ela...

Os restaurantes mais pequenos, limitados a metade da lotação, fazem questão de manter as portas abertas e as contas incertas de quem outrora se lamentava de trabalhar fora de horas...

As esplanadas conseguem encher, com as temperaturas mais convidativas da estação.
Já as mesas lá do fundo, onde o sol não brilha, são a ilha deserta que apenas desperta a curiosidade de quem não quer pagar taxas de turismo e de cinismo...

Pior estão os países em que os restaurantes só estão autorizados a servir para fora, aqueles clientes que nem têm dentes para trincar qualquer coisita fora da sua própria casa...


(fonte da imagem: https://www.reuters.com/article/us-health-coronavirus-russia-naked-chefs/russian-chefs-in-naked-lockdown-protest-after-virus-strips-them-of-income-idUSKBN23G1J6)

Donos, empregados e chefs na Rússia, posaram parcialmente despidos, em protesto contra o adiamento sucessivo da reabertura de restaurantes e dos cordões das suas bolsas...

A hashtag que seguram no cartaz, significa que eu não percebo (nada de russo) porque é que a enfermeira barbuda não emprestou o seu top ao menino da esquerda com as maminhas grandes...

O governo russo já comunicou uma data para abertura de restaurantes que possuam esplanadas ou terraços. Quantos aos espaços fechados, terão de aguardar até que alguém os feche em 4 tábuas e os enterre sem qualquer cerimónia fúnebre...

Como em todos os protestos, foram registados casos de manifestantes de extrema alegria e vigor, feliz e devidamente tapados pela faixa com aquelas letras todas manhosas...

A iniciativa pretende demonstrar que os trabalhadores do sector estão praticamente nus.
Também consegue comprovar que os clientes apreciam que os empregados vistam o máximo de roupa possível...

Sempre que há uma foto de uma mulher desnudada, a roupagem da introdução da notícia é claramente desnecessária...

Ainda assim, mencionar que o protesto a olho (e o resto do corpo) nu, ocorreu em Torremolinos, faz soar os sinos de que isto costuma acontecer na férias da Páscoa dos estudantes de um país vizinho...


(fonte da imagem: https://www.albawaba.com/editors-choice/naked-woman-jumps-top-police-car-after-flouting-spains-coronavirus-lockdown-1350589)

Uma quarentona protestou contra a quarentena imposta, ao sair de um tribunal, com tudo à mostra, em cima de um carro policial, cujas sirenes dispararam... precocemente!!!

Foi imediatamente detida por 3 polícias que ignoraram dezenas de pedidos de moradores que pediram mais tempo aos agentes, para ouvirem -calmamente- o que a mulher teria a dizer em sua defesa...

Aguarda agora avaliação psiquiátrica, para o juíz poder reconsiderar a pena e deliberar se a sua quarentena se prolongará noutra casa, institucional, onde os seus colegas estão doentes por ouvir todas as suas queixas, as vezes que forem precisas...

A paciência, de quem se encontra enclausurado, facilmente se esgota quando testemunha qualquer ajuntamento. Para quem assistiu ao 'beijar da cruz', este é o 11º mandamento...

Todavia, não devemos fazer julgamentos precipitados. Até porque não é a época para manter indivíduos encarcerados, adoentados e ilibados temporariamente de crimes de curta duração...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/isolation-party-picture-sparks-fury-21864014)

Um casal publicou uma foto de uma festa de isolamento que foi imediatamente repudiada por toda a gente que, após olhar atentamente, parabenizou a ideia de usar o Photoshop para encher uma casa com clones dos residentes habituais...

O post do Facebook recebeu comentários a duplicar, pelas primeiras e segundas observações dos mesmos utilizadores que são exímios a enxovalhar...

O elegante trabalho de fotografia, demorou 1 hora a gravar e 5 horas a editar!

Adoraria poder saber fazer um exercício com esta qualidade.
Mas assumo que seria impossível, caber em todas as minhas roupas que não sejam pijamas e fatos de treino...

A América tem sido fustigada com a pandemia do coronavírus!
Um vírus que não respeita as pessoas mais velhas, nem sequer os azelhas que se tornam presidentes de um país cujas fronteiras estão sempre abertas às suas peneiras...

É fundamental que os idosos se mantenham em casa, nem que para isso, tenham de solicitar bens essenciais... pelos vitrais e redes sociais!


(fonte da imagem: https://www.pennlive.com/coronavirus/2020/04/homebound-pa-woman-93-sends-beer-sos-for-more-coors-light-amid-coronavirus.html)

Uma velhinha de 93 anos isolada, foi fotografada a pedir cerveja, com um cartaz, uma lata vazia e uma alegria na sua cara mais contagiante que o próprio vírus...

O apelo que chegou à internet, levou vários utilizadores a disponibilizarem-se para lhe fazer chegar o elíxir enlatado a sua casa. Inclusivé aqueles que têm muito medo de levar o lixo à rua...

A reação da comunidade não tardou e vários vizinhos se prontificaram a satisfazer-lhe o pedido!

O vizinho da frente entregou-lhe uma caixa de cerveja e ainda lhe perguntou se precisava de mais alguma coisa, como comida ou medicamentos.
A avózinha agradeceu humildemente e apenas lhe pediu para vestir alguma roupa quando tivesse à varanda e que baixasse o volume da sua voz que ofenderia qualquer banda...

A loura maquilhada na fotografia pode confundir a alegria de quem aprecia danças de varão, baronesa ou duma certa duquesa que vai separar o neto da avó, com certeza...

Ontem foi o Dia Mundial sem Calças e foi celebrado no metro do Porto, Lisboa e noutras localidades onde a roupa é muito difícil de secar com a geada que tem caído!


(fonte da imagem: https://tvi24.iol.pt/sociedade/dia-sem-calcas/e-hoje-que-pode-tirar-as-calcas-no-metro-de-lisboa)

É mais uma trend importada da América e a julgar pelas fotos que vi, de algumas ceroulas amareladas, usadas por indivíduos de barbas manchadas, pode ser ainda mais assustadora que o Halloween...

A "No Pants Subway Ride" tem cada vez mais adesão em Portugal. Os metros enchem-se essencialmente de transeuntes curiosos que querem ver. Ver se as tarifas subiram em Janeiro, para não ficarem o resto do ano com as calças na mão...