Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Nesta época de verão, testemunhamos churrascadas nos mais inóspitos lugares e para mal dos nossos azares... basta estar vivo, para aturar, famílias barulhentas, a importunar, mesmo aqueles que já não se podem queixar!

 

HD Churrasco num cemitério.jpg

(fonte da imagem: https://www.indy100.com/article/barbecue-cemetery-yorkshire-gravestones-church-bbq-8455096)

 

Uma fumarada descontrolada de entrecosto e minis geladas teve palco num cemitério e entre os cabeças-de-cartaz figuravam 3 adultos e 7 crianças, para atiçar as brasas... da vizinhança!

 

Os vizinhos revoltados por não terem sido convidados confrontaram os hereges de calções beges sobre a falta de respeito de estarem profanar um espaço sagrado.
A resposta que obtiveram foi um olhar de luto e um silêncio sepulcral...

Fate shaming ou, em português, vamos todos gozar com os gordinhos para nos sentirmos melhor com a nossa vidinha ridícula, é uma estupidez que ainda faz parte do recheio de muitas mentalidades ressessas...

 

Felizmente, ainda existem exemplos de formosura de algumas vítimas que se não se deixam afetar pelo prazer que os outros têm em denegrir a silhueta que a sociedade tende a apertar!

 

HD Gordinha compra todos os bolos da pastelaria...

(fonte da imagem: https://www.dailydot.com/irl/vega-blossom-cupcakes-fat-shamer/)

 

"Esperemos que aquele pote não compre os bolos todos!" foi o mote apetitoso que esta jovem precisava para... comprar os bolos. Todos os bolos da pastelaria!

 

"Com papas e bolos se enganam os tolos" que devem continuar a engolir em seco, aquelas saborosíssimas bolachas de arroz e (não são boas como o) milho e começar uma nova dieta de respeito, por quem tem bom gosto...

Estou rendido aos comportamentos inesperados das crianças perante o espírito natalício!
Depois do desconforto de ontem do traquinas no colo do Pai Natal, hoje apresento-vos uma peça da pré-escolar onde a cena da natividade não correu pela normalidade...

 

HD Maria impede ovelha de raptar o menino Jesus.jp

(imagem: https://cdnph.upi.com/ph/st/th/1451513265347/2017/i/15132655467811/v2.1/Preschool-nativity-play-goes-awry-when-sheep-kidnaps-Jesus.jpg?lg=4)

 

Uma 'ovelhinha' de apenas 2 aninhos conseguiu iludir a Virgem Maria e raptou o menino Jesus para uma dança bem animada, mas logo terminada antes que o presépio se desmoronasse...

 

A Maria impôs o respeito necessário, repreendendo a ovelha tresmalhada, pois ninguém toca no menino Jesus até ele estar devidamente instalado no seu berçário...

Definitivamente, perdeu-se todo o respeito pelo menino a quem todos nós devemos o facto de recebermos muitas prendinhas no Natal...

 

A marca Greggs decidiu fazer um calendário de Natal, com um folhado de salsicha a ocupar o lugar do menino Jesus que já não é dono e senhor da manjedoura...

 

HD Menino Jesus substituído por um folhado de sal

(imagem: https://i2-prod.birminghammail.co.uk/incoming/article13904018.ece/ALTERNATES/s615b/Greggs-advent-calendar-launch.jpg)

 

Apesar da empresa ter pedido desculpas, pela idiotice de carne pré-fabricada, os reis magos manifestaram a intenção de boicotar o dia da natividade e reservaram a noite no Panteão Nacional, onde já encomendaram croquetes e bolinhos de bacalhau para a ceia de Natal... 

Casos de violência no futebol, envolvendo árbitros, são aos pontapés e caneladas...

 

Os juízes da modalidade são agredidos gratuitamente e começam agora a usar argumentos de defesa que prometem disparar miminhos nos relvados!

 

HD Árbitro saca de pistola a meio do jogo.jpg

(imagem: https://metrouk2.files.wordpress.com/2015/09/referee-gun.png?w=748&h=380&crop=1)

 

Perante uma agressão não captada pelo vídeo confirmada, um árbitro brasileiro foi ao banco de suplentes solicitar a ajuda de uma menina capaz de cuspir uns tirinhos de respeito...

 

Esperemos que esta moda western não chegue a Portugal!
Até porque o nosso futebol já é um festival de fogo de artifício e sentimento (de impunidade) malcheiroso...