Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

São inegáveis as influências que os desenhos animados têm sobre as crianças!
Eu lembro-me perfeitamente de imitar o Songoku e ainda hoje me transformo em super guerreiro sempre que tenho prisão de ventre...
As bolas do dragão sempre tiveram, para mim, um brilho especial e não tardou o tempo em que comecei a polir as minhas próprias bolas...

 

A Porquinha Peppa é um fenómeno à escala mundial e todas as crianças adoram aquela criatura!
Algumas não gostam assim tanto, mas têm de assistir não vá alguém entrar em casa e ver o pai/ a mãe sentados no sofá a grunhir separadamente...

 

HD Crianças imitam porquinha Pepa.jpg

(fonte da imagem: https://www.youtube.com/watch?v=A1zAQVyWeMY)

 

Inúmeras queixas relacionadas com o programa têm surgido na América, pois diversos pais lamentam o facto de os seus filhos adquirirem sotaque britânico. Ah... e de roncarem no final das frases...

 

Especialistas já confirmaram que isto apenas acontece devido a demasiada exposição!
Sendo assim, a culpa não é da Peppa, mas sim de quem não sabe cuidar da sua pocilga... oink oink!!!

Recentes decisões de juízes têm chamado a atenção da opinião pública (departamento sofá e chaise longue) sobre a adequada condenação de cidadãos que lavam as mãos com  sabão rosa de barra e água que chega a ferver, mas é arrefecida para não queimar ninguém...

 

HD Condenado a ver o Bambi uma vez por mês.jpg

(fonte da imagem: https://www.smh.com.au/world/north-america/poacher-who-killed-hundreds-of-deer-sentenced-to-repeatedly-watch-bambi-20181218-p50mvx.html)

 

Condenado a um ano de prisão por matar veados ilegalmente, este 'gnu almiscarado' foi obrigado pelo juíz, a ver o filme Bambi uma vez por mês até decorar as falas todas e fazer teatro amador para a freguesia no salão paroquial!

 

É verdade que somos obrigados, nesta época de Natal, a ver o Sozinho em Casa e não cometemos nenhum pecado (para além de comermos tudo o que couber no bucho e fazermos de conta que prestamos atenção às histórias que alguns familiares já repetiram... vezes sem conta!)

 

Creio que o condenado vai aprender a lição* e depois de ver 12 vezes o filme, pedinchará para ver o Natal dos Hospitais sem intervalo para encomendar um Calcitrin ou um Mangostão Mais!

 

*Lembram-se daquela cena, quando o coelhinho Tambor diz para a sua mãe que o Bambi é esquisito e ela lhe responde: - Tambor, se não tens nada agradável para dizer, não digas nada! ???
Esta ainda é a lição que eu me recuso a aprender...

Podia perfeitamente abrir aqui um separador sobre peripécias em compras no Ikea.
Mesmo que todos contribuíssemos com algumas peças... iria ser sempre difícil de montar! 

 

A peça de hoje envolve pessoas que valorizam excessivamente os tupperwares (o que eu fui escrever...) e uma ida à prisão de pai e filha que quase levaram na marmita...

 

HD Presos ao comprarem tupperwares no Ikea.jpg

(fonte da imagem: http://www.lessentiel.lu/fr/news/grande_region/story/en-prison-a-cause-de-tupperware-ikea-29907987

 

Não picaram a embalagem dos tupperwares numa caixa self-service, foram detidos em flagrante de litro e tiveram direito a uma visita à cadeia onde quase ficaram hermeticamente fechados...

 

Agora começo a entender por que é que a minha mãe me pergunta dezenas de vezes se eu tenho em minha casa um tupperware ajeitadinho, com uma tampa azul marinho...

As visitas a presidiários promovem comportamentos temerários de familiares e amigos que incorrem em castigos, quando trazem da cadeia algo mais que a saudade...

 

Não se emocionem, esta não é uma daquelas histórias que passam nos programas da tarde onde toda a gente está inocente. Ou arrependida! Talvez temporariamente esquecida...

 

HD Soutien com mensagens escritas saídas da pris

(fonte da imagem: https://www.jn.pt/mundo/mundo-insolito/interior/detida-por-tentar-sair-da-prisao-com-mensagens-escritas-no-sutia-9854112.html)

 

Uma mulher brasileira foi detida ao sair da cadeia com mensagens escritas, nas copas do sutiã, pela sua filha poeta, mais discreta que a sua mãe estafeta...

 

Não fiz zoom na imagem para tentar ler a mensagem, mas fiquei contente por saber que a mãe não tirou o soutien... para dar de mamar à filha!

Da próxima vez que receber algum presente (ninguém se lembra do meu aniversário, mas pode ser que algum familiar distante/colega de trabalho estagiário se engane nas compras de Natal e ainda venha a ter sorte...) não vou rasgar o papel de embrulho!
Vou dobrá-lo cuidadosamente e guardá-lo. Para reciclar, claro...

 

HD Papel de embrulho da Minnie com cocaína dissim

(fonte da imagem: https://www.nbcnewyork.com/news/local/Narcotics-Trafficking-Scheme-in-New-York-City-Disguised-Cocaine-as-Childrens-Gifts-Prosecutors-490152211.html)

 

A polícia de Nova Iorque apreendeu mais de meio quilito de cocaína dissimulada em papel de embrulho da Minnie que serviu de presente para muito boa má gente...

 

Os agentes policiais também confiscaram um montante pecuniário disfarçado de dinheiro (?!)

 

O Pateta que teve esta ideia vai agora ter muito tempo para embrulhar novos negócios num lugar muito parecido com a Disneyland, onde será o parque de diversões e a mascote preferida de todos os seus amiguinhos presidiários...