Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Se subtrairmos o valor que iríamos gastar em casamentos, este Verão, pelo corte salarial gerado no lay-off 'abençoado' teríamos um superavit de fazer inveja ao Mário Centeno...

É difícil de aceitar que não se pode concretizar uma cerimónia que exige compromisso 'na saúde e na doença '. Nenhuma avença é exagerada para proporcionar aos noivos, uma lua de mel, longa e folgada...

Fico feliz de testemunhar a união pela igreja, de casais que querem levar a relação a outro nível.
Seja pela declaração de IRS conjunta ou pela oportunidade única de acordar com as trombetas do seu amado que emitirá sons aromáticos até ao fim do seu reinado...

Os gritos de revolta dos nossos dias, são a frustração de não ter casamentos no Verão e conformação de ter de fazer férias num país, cuja língua sabemos falar razoavelmente, desde que temos memória...


(fonte da imagem: https://www.albanyherald.com/news/world_nation/this-couples-wedding-first-look-happened-in-front-of-a-black-lives-matter-protest/article_381b274e-05bf-50a1-9e2d-f816c36cc001.html)

Um casal americano, celebrou o seu casamento durante os protestos, depois de a sua cerimónia ter sido cancelada devido a um vírus que não seleciona raças para atacar...

Resignados, pensaram em fazer uma festa pequena, apenas para a família.
Mas quando ouviram uma vigília no exterior, resolveram celebrar o amor com milhares de testemunhas capazes de empunhar cartazes!!!

Como a multidão não tinha arroz à mão para atirar, dirigiu-se, de forma ordeira, a um supermercado ao lado que estava a fazer uma promoção de venda para tudo o que pudesse existir. Ainda intacto...

Por alguns instantes, os manifestantes puderam desviar as atenções dos canhões de água da polícia e assistir à união de duas pessoas que conseguiram poupar consideravelmente em fotógrafos...

Os protestos em Minneapolis, resultantes do horrendo homicídio de George Floyd, causaram inúmeras dificuldades nas famílias donas de pequenas lojas que foram destruídas indiscriminadamente.

Também causaram um ontem apagão nas redes sociais. Por vezes, só conseguimos sair das trevas quando não temos luz (no smartphone), nem uma tocha acesa nas mãos...

A destruição atingiu vários blocos contíguos à esquadra de polícia da cidade.
Teorias de que possa ter sido incitada por apoiantes da supremacia (da Casa) branca, são tão credíveis como uma esperança que o racismo jamais irá sufocar com o joelho...

A solidariedade e entreajuda na comunidade, são a base oculta de uma revolução aclamada que tem sido quase igualmente tele visionada...


(fonte da imagem: https://www.insider.com/minneapolis-food-drive-middle-school-community-donations-2020-5

As crianças do Ensino Básico de uma escola em Minneapolis, fizeram um pedido de angariação de 85 kits de alimentação e receberam vários milhares de donativos que vão entupir todos os abrigos...

A entrega de alimentos criou longas filas de trânsito até à entrada da escola.
Criou igualmente laços entre pais que buzinaram na multidão. Somente para serem reconhecidos por outros que desvendaram a sua identidade, ao segurar a máscara na mão...

O kit de alimentos pedido era composto por pão, cereais e maçãs!
Receberam toda a diversidade inimaginável, incluindo detergentes para todos os gostos.
Ainda há quem goste de dar, limpar e ajudar a lavar toda a porcaria que os outros fazem...

Ao terem conhecimento das carências e dificuldades de algumas crianças, vários pais disponibilizaram-se igualmente, para dar abrigo a quem ficou sem teto.
Os responsáveis da escola agradeceram, mas não tinham recebido nenhum pedido de famílias que ficaram sem-abrigo. Depois dos protestos, ainda não...

A desobediência ao confinamento tem aumentado significativamente!
Durante as semanas de quarentena, muitos já questionam se valerá a pena, ficar em casa, confortável e aguardar pelo fim da cena do próximo filme...

O crime de desobediência à propagação da doença pode ir até 2 anos de prisão.
Os números da pandemia confirmam que o confinamento entre 4 tábuas pode ir até ao fundo da cova...

Como a prisão não consegue demover os covidiotas de tossir fora de portas, já foram implementadas novas medidas que conseguem agarrar a atenção de quem foge à instrução...


(fonte da imagem: https://nypost.com/2020/04/28/indian-cops-using-tongs-to-nab-people-breaking-coronavirus-lockdown/)

A polícia na Índia tem mais uma ferramenta de proteção para combater a pandemia.
É uma língua em gancho que consegue imobilizar o infrator sem precisar de sentir o seu odor...

O dispositivo ferranchal tem cerca de metro e meio de comprimento e evita que o agente policial tenha de tocar nos suspeitos e possa usar apenas as algemas para apimentar a quarentena com a sua esposa...

Depois do capacete corona, da viatura covid, é o gancho coronista a resolver todos os problemas, sem necessidade de qualquer revista...

Milhares de indianos já se insurgiram contra este atentado aos direitos humanos!
Até o gado é melhor tratado e inclusive é adorado...

Vários detidos relataram a sua experiência traumática com o enganchamento.
A maior parte confessou que já teve horríveis pesadelos. Apenas comparáveis com os momentos de terror que sofrem sempre que as suas mulheres usam uma pinça para lhes arranjar a monocelha... 

Sempre que há uma foto de uma mulher desnudada, a roupagem da introdução da notícia é claramente desnecessária...

Ainda assim, mencionar que o protesto a olho (e o resto do corpo) nu, ocorreu em Torremolinos, faz soar os sinos de que isto costuma acontecer na férias da Páscoa dos estudantes de um país vizinho...


(fonte da imagem: https://www.albawaba.com/editors-choice/naked-woman-jumps-top-police-car-after-flouting-spains-coronavirus-lockdown-1350589)

Uma quarentona protestou contra a quarentena imposta, ao sair de um tribunal, com tudo à mostra, em cima de um carro policial, cujas sirenes dispararam... precocemente!!!

Foi imediatamente detida por 3 polícias que ignoraram dezenas de pedidos de moradores que pediram mais tempo aos agentes, para ouvirem -calmamente- o que a mulher teria a dizer em sua defesa...

Aguarda agora avaliação psiquiátrica, para o juíz poder reconsiderar a pena e deliberar se a sua quarentena se prolongará noutra casa, institucional, onde os seus colegas estão doentes por ouvir todas as suas queixas, as vezes que forem precisas...

A polícia de trânsito tem realizado frequentes operações para fiscalizar as deslocações de condutores que alegam ter razões para mexerem os peões dos seus tabuleiros de casa...

Não são as habituais atividades em que se pede aos condutores para soprar ao balão!
Até porque alguns, podem ter até algumas dificuldades de respiração...


(fonte da imagem: https://www.boredpanda.com/indian-policeman-wears-coronavirus-helmet-warn-people-stay-home/?utm_source=google&utm_medium=organic&utm_campaign=organic)

A polícia na Índia usa capacetes esculpidos com o coronavírus, para assustar a população e enviá-la para casa, para sonhar com o bicho papão...

Sempre que as pessoas saem à rua, apanham o vírus a barrar-lhes o caminho (para o resto das suas vidas...)

A medida parece estar a ter um 'forte impacto', principalmente naqueles que não conseguem diminuir a velocidade e acabam por ter um acidente de percurso, por não ouvirem o repetido discurso... #stayhome