Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Sabem aquela sensação enternecida de receber um bilhetinho com palavras românticas?
Se sim, expliquem-me como é que isso funciona. Não conheço, a não ser que considerem um post-it no frigorífico com o enunciado "É assim tão difícil trazeres o pão quando saíres do trabalho?" uma declaração de amor aos hidratos de carbono...

 

Um romântico (claro que já tem alguma idade...) inveterado presentei-a a sua eterna namorada com o mesmo postal do Valentine's Day há 40 anos, acrescentando uma frase de amor codificada por cada seta do cupido que ainda consegue ser afiada, todos os anos...

 

HD Homem oferece o mesmo postal do dia dos namorad

(fonte da imagem: https://www.dailymail.co.uk/news/article-6700323/Husband-sends-wife-Valentines-Day-card-40-years.html)

 

Os homens dirão que isso é uma desculpa para não gastar dinheiro!!!
As mulheres acharão que é um gesto de amor para a vida toda (expressão lamechas deliberadamente usada para SEO!) que não se compara ao toque das letras do cartão de crédito que apenas lhes pode oferecer a bolsa Michael Kors ou o perfume da Dior, que não são assim tão importantes... comparados com o... acho que me perdi aqui na analogia das letras... ah, vocês sabem... o amor!

O comprimido azul mais conhecido do mundo -o do Matrix é o segundo- começou a ser vendido em supermercados no Reino Unido sem prescrição médica e não tardou a aparecer um caso de dimensões desproporcionais... às calças!

 

HD Viagra em demasia causa 5 dias de enorme alegri

(fonte da imagem: https://www.youtube.com/watch?v=3dHeDIE-x9M)

 

Uma aposta embriagada levou um homem a enfardar 35 balas azuladas que lhe insuflaram a pistola durante uma semana que também parecia não terminar...

 

A namorada ficou impressionada com toda aquela área enchada e chamou a ambulância para lhe aliviar aquela circunstância de satisfação não solicitada com tanta abundância...

As redes sociais nem sempre são sinónimo de egocentrismo e exposição gratuita!


Este caso ímpar (ou par, dependendo do apêndice colocado na testa...) mostra-nos que nunca é bom reagir por impulso, se temos um perfil ativo no Facebook e likes para amealhar...

 

image.jpg

(imagem https://1.bp.blogspot.com/-p16XESXLo5A/WQEDxjQbTRI/AAAAAAAByzo/0vKUkLRmqIcptR-2mte2hTTfM-kCMT-ZwCLcB/s640/image.jpg)

 

Este americano apanhou a namorada na cama com outro homem e decidiu partilhar rapidamente uma foto no Facebook antes que começassem a irromper 2 espetos pelo seu boné...

 

Ele ainda pensou em agredi-los violentamente, mas poupou os punhos para outro trabalho:
Espremer umas laranjas e bater uns ovos... para lhes preparar um pequeno-almoço completo!

Os suecos estão muito à frente, inclusive aqueles que sobem para o parapeito das janelas.
E não é que há uma proposta política para haver uma hora de pausa para os trabalhadores poderem 'picar a ponta' com as respetivas parceiras???

 

Coca-Cola-kissing-ad-YouTube-640x480.jpg

 (imagem http://www.breitbart.com/london/2017/02/21/take-sex-breaks-work-time-suggests-swedish-councillor/)

 

Alguns estudos já comprovaram que pode ser benéfico para o aumento da produtividade, outros sugerem que pode promover a infidelidade e as manchas na roupa(!)

 

- Joana, queres vir à pausa? A minha mulher tirou férias hoje...
- Pode ser, Miguel. O meu namorado vai passar o dia fora com o patrão e mal deve ter tempo para meter qualquer coisa à boca!

 

Não é primeira vez que me sugerem escrever sobre notícias de incomensurável interesse público.

É sim, a primeira vez que o faço por pura preguiça e... foda-se até serve para chapar aqui no blog!!!

 

Uma britânica (frita do cérebro) esfaqueou o namorado por este ter comido as batatas todas.

 

sem nome.jpg

 

Se eu não mencionasse o facto das batatas serem caseiras, talvez pudessem considerar que esta atitude tenha sido um pouco exagerada!

 

Mesmo afirmando não se lembrar do que fez, assumiu prontamente a culpa:

- Acham que se eu tivesse nas minhas plenas capacidades, apenas ter-lhe-ia golpeado superficialmente?