Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

A hora mudou na madrugada de domingo, em todos os relógios e despertadores que conseguimos atualizar...

Hoje já/ainda é quarta-feira e foda-se nunca mais é sexta-feira para 'acordar' no cemitério local, depois de nos cruzarmos com alguém conhecido que nos (ou)viu na véspera de feriado, dizer que o Halloween é só para crianças... e adultos que querem passar despercebidos com as caras cadavéricas em dia santo!

HD Dicas para adormecer depois da mudança de hora
(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/how-adjust-your-sleep-ready-20714847)


Um consagrado professor de Medicina divulgou uma série de boas práticas que ajudam a adormecer. Entre elas, destacam-se o conselho de dormirmos de regularmente, para assim podermos continuar a fazê-lo sem dificuldade...!?!

Outra dica inovadora, ensina a escrevermos (ainda se lembram? faziam isso na escola...) as nossas preocupações num papel para depois as lermos de manhã, ao acordar, e não ter qualquer dúvida que a dificuldade para adormecer não era só um pesadelo...

A medicina evolui à velocidade da luz, mas ainda não consegue contrariar o ciclo da vida!
Mas um cemitério de uma junta de freguesia de Viseu consegue e não permite falecimentos fora dos dias estipulados pois as regras são para cumprir e a morte não é nenhuma desculpa...

 

HD Falecimentos apenas são permitidos à quinta e

(imagem: http://cdn.ptjornal.com/wp-content/uploads/2018/01/xcemiterio-coutos.jpg.pagespeed.ic.rgPjU2Id13.jpg)

 

Coimas para falecidos reincidentes e uma app para visitas online a campas são algumas das medidas implementadas pelo cemitério que mais parece doutro hemisfério...

 

Há que respeitar as regras dos cemitérios e seguir os seus critérios, por isso toca a despachar as consultas todas até quarta, porque quinta e sexta feira são os dias para remexer na algibeira de alguém que nem chegou a despedir-se da sua adorada arrastadeira...

O Craigslist é tipo (um nadinha mais javardolas...) o nosso OLX, mas com mais formas de pagamento, sendo uma delas, a julgar por este negócio verdejante... sacos de cannabis caseirinhos!!!

 

HD Tentam comprar carro de polícia com marijuana.

(imagem: https://bloximages.chicago2.vip.townnews.com/hanfordsentinel.com/content/tncms/assets/v3/editorial/3/89/38954f5e-dd4e-11e3-9999-001a4bcf887a/53769921be74f.image.jpg)

 

Dois compradores distintos tentaram adquirir o carro particular de um polícia do Colorado, oferecendo como pagamento sacos de felicidade de tom verde!

 

O dinheiro vivo está claramente em desuso e, depois do Bitcoin, parece haver outra moeda meramente medicinal que nos vai enrolar nas compras online...

Esta não é, seguramente, uma história de 'comer e lamber os dedos'...

 

HD Dedos do pé migram para a mão.jpg

(imagem: https://www.thesun.co.uk/wp-content/uploads/2017/09/nintchdbpict000350437198.jpg?strip=all&w=960)

 

Antes de conferirmos todos os dedos das nossas mãos e pés, é importante saber que aqueles ganchinhos com pele e unhas foram o melhor que se conseguiu arranjar depois do senhor ter perdido os dedos da mão direita num acidente industrial.

 

Este milagre da medicina, voltou a dar quase total independência ao indivíduo, embora ainda não saiba bem distinguir onde usar as luvas e as meias...

Podia perfeitamente ser mais um caso de curso falso com diagnóstico reservado em Portugal...

Não. Este assunto tem apenas a ver com um médico australiano que exerceu a profissão durante 11 anos sem qualquer formação em medicina. Trabalhou num talho, mas não é bem igual...

 

115436784_0.jpg

(imagem http://images.mentalfloss.com/sites/default/files/styles/article_640x430/public/115436784_0.jpg)

 

Passou por 4 hospitais públicos sem ninguém se aperceber que tinha um currículo falso e uma bata de merceeiro!

 

A sua credibilidade como médico chegou a ser posta em causa, mas a dúvida desaparecia sempre que pedia aumentos ou não comparecia a cirurgias por estar a exercer em clínicas privadas...