Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

A obsessão de ser famoso nas redes sociais é um fenómeno novo, se pensarmos que muitos utilizadores na terceira idade, viveram as duas primeiras sem granjear popularidade...

Nem todos o fazem por atenção. Existem nobres influencers que apenas pretendem dinheiro e um mealheiro cheio de likes, visualizações e corações engaiolados em contornos negros...

A originalidade pode ser o segredo para atingir a fama e ferir todos os outros sentimentos!
Para ser único e inimitável, basta ser amável em todas as histórias de curta duração...

Se a história conta uma vida inteira de trabalho, então será mais fácil ser autêntico e aproveitar o que todos os outros deixaram para trás...

(fonte da imagem: https://edition.cnn.com/style/article/taiwan-laundromat-fashion/index.html)

Um casal de 80 anos, proprietário de uma lavandaria em Taiwan, tornou-se uma celebridade no Instagram, depois do neto criar uma conta com fotos tiradas com as roupas usadas, deixadas por clientes com outros assuntos mais urgentes...

O neto revelou que foi difícil convencê-los a realizar a sessão fotográfica!
Foi necessária muita paciência e algumas embalagens de Voltaren Emulgel...

Os velhinhos tinham receio que os clientes fossem reconhecer as roupas e regressassem à loja com o talão e uma razão convincente para ainda caberem naqueles trapinhos...

A conta do Instagram ganhou mais 170 mil seguidores em apenas um mês!
Agradeceram prontamente com uma publicação de um sorteio para lavagens gratuitas.
Com data de recolha das roupas a ser comunicada posteriormente...

A pandemia do Covid-19 pode ter sido a desculpa perfeita para não ir ao ginásio, durante a quarentena!

Agora que fomos convidados a voltar ao normal, lá teremos de arranjar novos motivos, para continuarmos vivos, obesos e sedentários...

Fazer exercício em casa é uma alternativa saudável! Embora requeira uma enorme disciplina e total concentração em manter uma distância magnética do frigorífico e uma proximidade suada do botão de criar stories no Instagram...

Também existe a opção de vestir a t-shirt e o calção, para fazer jogging no parque. A maior dificuldade consiste em escolher o dia que não esteja frio, quente ou com muita gente que pense da mesma maneira...


(fonte da imagem: https://edition.cnn.com/2020/06/17/us/coronavirus-workout-california-gym-trnd/index.html)

Um ginásio na Califórnia reabriu com um conceito de cubículo a preceito, onde o cliente fica isolado e protegido do vizinho que respira e sua no seu próprio ninho...

O uso de máscara durante o treino revelou-se asfixiante e a maioria dos utilizadores recusou-se a usá-la por não saber correr, saltar e puxar ferro, sem pôr a língua de fora...

A proteção plastificada convenceu quase todos os sócios do ginásio a voltar ao ativo!
Apenas uma pequena minoria não concorda com a ideia de treinar, sem a possibilidade de se cruzar com outras pessoas que possam cheirar o fruto do seu duro trabalho...

Cada cubículo dispõe de todos os pesos e máquinas necessárias, para queimar aquelas calorias que foram ingeridas naqueles dias em que toda a vida era um abafado cubículo...

O espaço individual reservado a cada cliente é perfeitamente arejado, de modo que não haja confusão entre a sala de exercícios e a sauna do ginásio...

A indústria do sexo também foi vigorosamente abalada pela pandemia!

Homens infiéis que tinham por hábito contrair várias doenças venéreas, lamentam-se que só têm à sua disposição, o Covid-19 na ementa do take-away...

Também mulheres que sonharam ser bailarinas, em pequeninas, queixam-se que o único varão que podem polir, é justamente aquele que as faz dançar...

Para dar a volta (e cair de pernas abertas...) à crise na clientela, há que tornar o negócio mais apelativo para quem vai buscar de comer fora e traz efetivamente comida...


(fonte da imagem: https://news.sky.com/story/coronavirus-strip-club-offers-drive-thru-service-during-us-lockdown-11986446)

Um clube de striptease na América, oferece danças de varão enquanto os clientes aguardam pela entrega da comida que encomendaram...

O dono da casa de arejamento resolveu manter a cozinha a funcionar, para aproveitar as suas dançarinas que têm sempre o forno ligado...


Os clientes habituais aplaudiram a ideia. Só com uma mão...

Não há nenhuma nudez. O freguês pode perfeitamente filmar a recolha da comida e partilhar no Instagram que a carne é bem servida, embora lhe falte algum molho...

Graças a esta reinvenção do take-away, o patrão conseguiu tirar 6 funcionárias de casa, 4 colaboradoras dos quartos e ainda outras 2 empregadas que já (se) entregavam no domicílio...    

A escassez de material médico durante a pandemia do Covid-19, acarrega uma maior responsabilidade para quem possui máscaras cirúrgicas, sem a devida formação médica...

Apesar de alguns casais apenas se aperceberem da beleza dos companheiros, quando têm a máscara posta, a pele até tosta quando não sabemos manusear o latex numa aposta...


(fonte da imagem: https://www.latestly.com/social-viral/yulia-ushakova-russian-instagram-influencer-wears-bikini-made-of-medical-masks-gets-trolled-online-for-insensitive-behaviour-view-pic-1630874.html)

Yulia Ushakova é uma influencer da Rússia que perdeu toda a sua astúcia ao posar com um bikini feito com máscaras de proteção para as suas zonas de menor constipação... 


Um post idiota, no Instagram, foi o suficiente para usar repelente, de modo afastar milhões de espirros e tossidelas. Mesmo dos seus seguidores mais fervorosos...

Não havia qualquer necessidade de estragar material fucral no tratamento do coronavirus!
Dei-me ao trabalho inglório de vasculhar o seu perfil nas redes sociais e posso afirmar que esta não é a única foto em que me dá vontade de lhe arrancar o bikini...

Todas as notícias que circulam pela internet fazem-nos duvidar sobre a sua veracidade. E a forma como reagimos às fake news pode ser convenientemente transformadora. Passamos a odiar o que adorávamos e fazemos o percurso inverso à velocidade duma story do Instagram...

Um claro efeito deste fenómeno deve-se às imagens com títulos curtos, muitas vezes acompanhadas com um longo texto que só pode ser um pretexto para continuarmos a ler...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/truth-behind-adorable-baby-platypus-21520721)

A foto dum bebé ornitorrinco inundou a internet (entretanto afogada pelo racismo...) de ternura, para depois ser descoberta que era apenas uma escultura, feita somente de pedra dura... 


Esculpida por um artista plástico sofreu um decréscimo drástico de atenção, logo que se soube que as crias desta espécie rara, nascem com as patas e o bico pretos para além de ainda terem 'os olhos fechados ao mundo que os rodeia...'