Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos


(fonte da imagem: https://www.ndtv.com/offbeat/popular-woman-biker-revealed-to-be-a-50-year-old-man-2394436)

Uma influencer motoqueira japonesa é afinal um homem maduro de 50 anos que teve agora um furo! Foi desmascarado e confessa ter usado uma face app para conseguir ter mais seguidores atrás da sua mota que já não voltará a sair da garagem...

Azusagakuyuki tem uma conta no Instagram com milhares de seguidores que se perdem de amores por motas e carinhas larocas!

O homenzinho nem é feio, mas sabia que o único meio de ser idolatrado nas redes sociais é tapar pouco mais que os próprios genitais...

Para além de tirar fotos em cima das motos, também aparecia em selfies sensuais!
Quem trabalha em Photoshop, raramente leva com um choque debaixo dos lençóis...

Havia anterior suspeita que a menina fosse uma mulher já feita!
Algumas publicações controversas, mostravam já os braços com pelos de gatos persas... 

Foi desmascarado depois de alguém ter notado, um reflexo no retrovisor de um senhor que dificilmente conseguiria convencer alguém a fazer o amor. Pelo menos, em cima da mota...

A televisão local desconfiada da travecada, fez-lhe uma emboscada e forçou-o a retirar o capacete para mostrar a sua fronha à internet...  

Após confrontado com a descoberta da cara destapada, reconheceu que se meteu nesta alhada, pois achava que ninguém teria interesse em ver um homem de meia-idade a despir um fato de motociclista. Nem tempo, também...

Muitos dos seus fãs ficaram desiludidos, outros fizeram de conta que foi apenas uma derrapagem na maquilhagem que poderá ser retocada com um embate num rail de proteção...

São muitos os que questionam qual a finalidade da Polícia Marítima!
Não existem ajuntamentos de pessoas no mar. Só se for em iates!
A distribuição de droga, via marítima, é feita a retalho e não corresponde a uma atividade de venda direta ao público...

Concordo que alguém tem de cuidar dos nossos submarinos. Foram dispendiosos e nunca se sabe quando irão ser necessários. Nem para quê...

Contudo, a Marinha ainda é uma parte fundamental da defesa de um país. Das pessoas que pagam impostos à nação e que têm de comprar a ração de quem já tem influência direta na nossa escolha de voto...


https://www.indiatoday.in/trending-news/story/thai-navy-sailor-saves-four-cats-from-sinking-ship-in-a-purrfect-rescue-mission-1775791-2021-03-05

Um oficial da Marinha tailandesa salvou 4 gatos de uma embarcação que afundou e comprovou que os ratos (dos tripulantes) são sempre os primeiros a abandonar o navio...

A embarcação incendiou-se e todas as pessoas que a ocupavam foram colocadas a salvo.
Felizmente, alguém se lembrou de examinar atentamente o navio e vislumbrou uns gatinhos, sozinhos e melhor acompanhados que ainda assim, precisavam de ser urgentemente resgatados...

O marinheiro nadou até ao navio, trouxe-os nas suas costas e teve direito a massagens de alto risco...

Nenhum dos animais ficou seco durante a operação de resgate!
Mas o que realmente importa é que nenhum deles ficou ferido durante a prova de natação. E para garantir que isso não volta a acontecer, não voltarão a aproximar-se da água que os seus donos ainda hão de beber...

Os gatinhos foram adotados pelos seus salvadores e fazem agora parte integrante da equipa de comando. Quem os vê em vigilância, durante as missões, não hesita em dizer que são como um peixe fora de água...

O encerramento de salões de estética, devido ao confinamento, é literalmente uma situação cabeluda!
Que só as máscaras conseguem parcialmente encobrir! E apenas do nariz até ao queixo...

Muitas mulheres iniciaram formações autodidáticas para aprenderem a manusear cera quente.
As gillettes dos maridos agradecem, mas os filhos não esquecem os buços vermelhuços que lhes dizem para lavar os dentes antes das aulas online...

Mas as quebras das receitas em cosméticas, não abalam os padrões de beleza!
E "só uma mulher de barba rija, não é apanhada com a boca na botija..."

(fonte da imagem: https://www.cm-tv.pt/atualidade/detalhe/mulher-deixa-de-fazer-o-buco-e-arranjar-sobrancelhas-para-desafiar-padroes-de-beleza)

Eldina Jaganjac é uma mulher dinamarquesa que não cede à pressão da depilação e não se deita na marquesa para lhe desbravarem a certeza que é igualmente bela, de pelo na barbela...

Deixou de se submeter à tosquia facial, há cerca de um ano.
E desde aí, tem recebido insultos e críticas tanto por homens como por mulheres!
Todavia, os amigos não a julgam e convidam-na frequentemente para sessões de Netflix, com pausas para brincar aos cabeleireiros...

Já foi proibida de entrar em ginásios, por alegadamente, trazer o seu hamster escondido dentro das leggings...

Nas redes sociais, é motivo de chacota por parte de pseudopitas influencers e alvo de inveja de jovens imberbes que ainda nem sequer têm pelo na benta...

Indiferente às críticas e aos juízos de bolor, promete deixar crescer o buço, a monocelha e toda a pentelha, desde o primeiro uivo até à sua última lua cheia...

Se pesquisarem no Google 'as maneiras mais estúpidas de apanhar Covid-19', talvez encontrem alguma facilmente reconhecida, por algum vizinho ou familiar, que também arranjou uma desculpa para sair de casa sem necessidade aparente...

Pior que sair de casa é entrar em casa alheia, com ou sem convite, mas com um palpite que possa haver algum aniversário que possa prolongar ainda mais este calendário...


(fonte da imagem: https://www.radio.com/news/15-people-contract-covid-from-attending-cats-birthday-party)

Mais de 15 pessoas contraíram o novo coronavírus, após terem comparecido numa festa de aniversário de um gato que deve ter julgado que a tosse e os espirros seriam apenas resultado de uma alergia, a sair de casa depois do confinamento...

O surto peludo, atraiu as atenções do ministro da Saúde do Chile, que não ficou surpreso por se tratar de um ajuntamento devido a uma festa de anos. Ficou após saber que o aniversário era de um gato, animal responsável por assegurar a sua própria higiene pessoal...

A boa notícia foi que o gato não ficou contaminado!
A má notícia foi saber que o dono era o paciente zero, responsável pela contaminação de todos os convidados. Inclusive daqueles que até trouxeram prenda...

Todos os contaminados confessaram que o motivo da reunião, foi efetivamente a celebração do aniversário do gato. Nenhum deles tentou enganar as autoridades, com justificações disparatadas como levar comida e prestar apoio comunitário ao dono...

Para além das 10 pessoas que cantaram os parabéns ao bichano, mais 5 pessoas ficaram doentes por se recusarem a acreditar na história e terem exigido explicações presenciais aos convidados...

O aumento das adoções de animais de estimação, foi o único bom aumento que ouvimos falar durante a primeira vaga da pandemia...
Nesta segunda vaga, entre o fim do lay-off e o regresso ao teletrabalho, há menos um galho a ser ocupado pelo bichinho que tanto carinho nos trouxe e nada levou consigo...

O abandono de animais voltou a crescer no final do ano e a chegada da vacina não trará a imunidade de inumanidade sazonal, proporcional à conveniência do Natal...


(fonte da imagem: https://torontosun.com/news/weird/rescue-cats-don-santa-suits-for-purrfect-korean-christmas)

Um café, na Coreia do Sul, resgata gatos abandonados para (n)os manter ocupados, onde nesta altura do ano são fardados a rigor para receberem os poucos clientes que procuram o amor felino fora do aconchego do lar... 

O café tem cerca de 130 gatos que não respeitam a distância de segurança, entre o colo e a pança dos clientes mais exigentes de calor e mimo...

Os clientes estão autorizados a alimentar os animais, desde que façam despesa suficiente para darem alimento ao proprietário e funcionários do estabelecimento...

Existem vários letreiros a avisar que os chocolates de decoração apenas se encontram junto às árvores de Natal e não estão espalhados nas caixas de areia...

A clientela habitual rondava as 100 pessoas diárias, mas com a pandemia, o número desceu para cerca de 30. Os clientes resistentes, preferem sair do café com a roupa cheia de pelo do que com os ouvidos cheios de conselhos de epidemiologistas amadores...