Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos


Um estudo realizado por um centro logístico -esperemos que seja- certificado, apresentou os resultados de estafetas questionados sobre o que fazem, quando não estão a tocar à campainha e a explicar aquela ladainha de porquê estarem novamente atrasados...

Quem é que nunca se questionou sobre a vida do estafeta que faz aquela careta de simpatia profissional precária, antes de nos entregar qualquer pacote?
Será que a nossa encomenda está em boas mãos? Ou estará igualmente em maus narizes?

Os inquiridos da pesquisa, revelaram os segredos do ofício que nos traz a roupa que deveríamos experimentar numa loja física ou duma comida que nunca chega a ser aquecida na cozinha do lugar onde reservávamos mesa, para toda a família, do dono do restaurante...  

Uma vasta maioria queixou-se da falta de gorjeta ou do excesso de simpatia do cliente que não queria apenas meter as mãos no pacote da sua encomenda...
Quase todos confessaram que se sentem julgados, sem hipóteses de redimirem os seus pecados, pelo interior dum conteúdo que já vem frio ou com um tamanho abaixo das nossas expecta... tive-as!

Alguns relatos desagradáveis de desavenças com clientes, também foram listados no cardápio!
Discussões fúteis sobre o estado das encomendas, são o ponto de partida para insultos e até agressões de consumidores que culpam os entregadores pelo estado dos produtos. E pelo estado degradado das suas relações pessoais...

Alguns estafetas que não se quiseram identificar, assumiram que estragaram mercadorias, roubaram e revenderam artigos e alguns admitiram ter provado as comidas que deveriam entregar intactas.
Logo, já não precisamos de desconfiar, da sinceridade do estafeta, quando lhes perguntamos se a comida onde encomendamos é saborosa ou apenas serve para meter à boca, durante o trabalho...

O tópico mais sórdido envolve as questões sobre as pausas fisiológicas dos estafetas!
10% admitiram que urinam em garrafas de plásticos, para não ter de sacudir o genital numa casa de banho pública e 9% chegaram a urinar à porta das casas dos clientes. Daí às vezes ainda recebermos a comida a deitar algum fuminho morno...
 
(fonte da imagem: https://torontosun.com/life/food/what-delivery-drivers-are-doing-when-youre-not-looking)


A Spiedlife é uma plataforma de streaming, onde qualquer um pode ter o seu reality show, sem precisar de se hospedar num Airbnb, em que o full-time do senhorio, é tudo menos operador de câmera ou instalador de sistemas de vigilância em chuveiros e sanitas de circunstância...


Já alguma vez pensaram em entrar num reality show?
Se publicam a vossa vida pessoal diariamente numa rede social, não precisam de responder...
Na Spiedlife, podem expor a rotina caseira doméstica, em tempo real, para toda a comunidade cibernética. Incluindo o vosso vizinho da frente que vai finalmente arrumar de vez o seu par de binóculos...

A curiosidade dos hábitos e culturas de países, é a base da experimentação deste reality ‘show’ individualizado. Há várias regras para cumprir e não é permitida nudez nem sexo!
É mais ou menos como o Instagram e o Tik Tok, mas sem os coraçõezinhos no meio do corpo da publicação...

Ironicamente, a impossibilidade de poder mostrar as cenas íntimas de um casal, é o principal obstáculo para potenciais assinantes que ainda não avançaram com a inscrição!
A primeira questão das FAQ's do site é precisamente a dúvida se haverá algum constrangimento em transmitir simultaneamente com a conta do OnlyFans...

Outra barreira legal, passa pela transmissão de vídeos em streaming onde aparecem crianças!
A preocupação dos pais, na putativa exposição da sua privacidade, é compreensível e os mesmos exigem total garantia que nunca poderão ser observados pelas respetivas educadoras de infância e professoras de ensino básico...

Este conceito abjeto surgiu na Itália e até há pouco, apenas era utilizado em bares e discotecas, onde os seus clientes virtuais, deixaram de ter dúvidas se ainda valia a pena sair à noite...
No último ano, a plataforma já conta com 10 milhões de visualizações por mês e o número de inscritos particulares não para de aumentar, da noite para a inflação...

O exponencial crescimento da adesão à plataforma, já se estendeu para países como Filipinas, Ucrânia e Rússia. Se bem que, lamentavelmente, a transmissão para estas duas últimas nações está temporariamente suspensa, devido a uma disputa por direitos legais. E humanos, também... 

(fonte da notícia: https://www.odditycentral.com/news/controversial-platform-lets-you-be-the-star-of-your-own-reality-show.html)

 

Este (dis)funcionário sénior ainda não dorme no ponto e pica o ponto na mesma empresa há 84 anos!
Não planeia reformar-se, nem afastar-se da labuta diária, onde é uma inspiração para todos os brasileiros e um orgulho para a Segurança Social que pode aplicar os seus descontos no Rendimento Social de Inserção, para um milhão de potenciais trabalhadores...

Walter Orthmann já completou 100 anos de vida e começou a trabalhar em 1938, com apenas 15 anos e uns trocos nos bolsos que mal lhe davam para comprar umas calças...
Começou como assistente de exportação e, de promoção em promoção, subiu na carreirasubstituindo cargos superiores que subiram a escadaria até ao céu...

O trabalho ajuda-o a passar o tempo que parece um calvário, quando está de férias...
Recorda o tempo de adolescência, onde não havia água canalizada, iluminação pública e muito menos computadores que agora fazem o trabalho todo e nos ocupam o resto do tempo livre, depois de sair do trabalho...

O Walter nunca demonizou a tecnologia e assume ser uma mais-valia num tempo cada vez mais agitado, agravado pelo estado avançado da doença de Parkinson...
Graças à internet e a um computador pessoal, viaja muito menos pelos vários continentes onde a empresa está sediada, mas desloca-se mais regularmente à sanita do mesmo incontinente...

Não há trabalho sem descanso e não quer dar descanso ao trabalho!
Como não quer ficar atrás dos estagiários, ainda se sente capaz de dar horas extras, para fechar as contas no fim de cada mês. E naqueles dias em que adormece com a cara no teclado, onde tenta instalar uma placa externa nesse periférico...

Na entrevista dada à rede Globo, Walter não se esqueceu de dar conselhos aos mais jovens!
O segredo da sua longevidade profissional, deve-se à distância de segurança dos Centros de Emprego e das formações comparticipadas pelo Governo, cujo valor pago pelo subsídio de alimentação, não chega para comer uma sopa passada na cantina social...

'Escolhe um trabalho que gostes e não terás de trabalhar um dia na tua vida' é a sua citação favorita que deixa qualquer um Confúcio...
Confessa que nunca viu o seu trabalho como uma obrigação, principalmente nestes últimos anos, onde tem sido submetido a várias cirurgias às cataratas...

(fonte da notícia: https://www.odditycentral.com/news/worlds-most-loyal-employee-has-been-working-for-the-same-company-for-84-years.html)


Pauzinhos eletrificados conseguem redimir os nossos pecados de comungar comida salgada, ao tornar um paladar insosso num manjar doce e grosso, graças a uma pequena descarga elétrica que não causa hipertensão na ponta da língua. Só na ponta dos paus...


A empresa japonesa Kirin Holdings é a grande responsável por esta invenção que chamou a atenção de todos os consumidores que não dispensam uma pitada de sal na comida e uma pontada no peito que nunca se dá por vencida...

Os smart chopsticks usam uma tecnologia de estimulação elétrica, alimentada por um mini computador, aplicado no pulso do utilizador, já habituado a medir a tensão com aquelas braçadeiras apertadas que depois de desligadas, apitam como os últimos avisos sonoros das máquinas de suporte de vida...


Vários testes experimentais já comprovaram a eficácia deste gadget duplo pontiagudo!
Para além dos relatos das cobaias sensaboronas, que atestaram o sabor fornecido pelos pauzinhos elétricos, os resultados científicos demonstraram que pode amplificar o sabor de sódio em 1,5 vezes ao fornecido pelos caldos Knorr...  

Um estudo recente, comprovou que um japonês consome diariamente, em média, 10 gramas de sal.
O dobro do recomendado pela Organização Mundial de Saúde. A mesma organização já fez questão de encomendar um estudo para os portugueses. Mas o pedido está muito atrasado e só deve chegar às cartas dos restaurantes em Portugal, após o fornecimento de sal estar igualmente comprometido...

Para todos os amantes de sushi que gostam de trazer os seus pauzinhos de casa, esta alternativa de consumo já não é novidade. As dificuldades em encontrá-los no fundo das bolsas e desenvencilhá-los dos fios dos hearphones, apenas choca quem não vive emaranhado em cabos e aparelhos que nos forçam a vergar os joelhos...

O ceticismo mergulhado e apertado nesta inovação, não tem nenhuma razão de existir!
A carga elétrica máxima existente no aparelho, não tem potência para levantar um pentelho, quanto mais eletrocutar e escutar um batimento cardíaco que irradia para o braço que não costuma ser utilizado nas refeições...  

(fonte da notícia:https://www.odditycentral.com/technology/smart-chopsticks-use-electrical-stimulation-to-enhance-food-flavors.html)


A Densuke (não) é uma melancia rara, cujo preço por unidade dá aquela vontade de escolher outra fruta da época, mais adequada ao sabor que a nossa carteira permite saborear...


Existem mais de 1200 variedades de melancia, sendo que as mais conhecidas são sempre aquelas que vemos entrar pela nossa casa adentro no verão, onde ficamos com a sensação que deveríamos ter comprado uma faca suficientemente longa para não termos de espetar demasiadas vezes para a fruta começar a pingar...

A melancia Densuke apenas é plantada no Japão e não cresce de pé para a mão!
Pouco mais de 100 bolas sumarentas rebolam por ano. Cada uma pode chegar aos 6 mil euros e o valor de cada pevide é que decide se é higiénico ou não, usar um coador de cozinha com a água lavadinha que se banha na sanita...

A casca deste fruto enxuto é preta e luzidia e quem já a provou confessa que sabe a uma melancia convencional, com algumas variações de gosto agridoce, dependendo de quem a pague e sabe o que é ter dinheiro suficiente para passar a vida a 'laurear a pevide'...

O preço exorbitante deve-se também à decoração e embalagem das melancias!
Como é do conhecimento de quem gosta de fruta, todas as bolas grandes devidamente aparadas e polidas possuem um badalar que vai durar até uma delas mirrar...

As melancias têm muitos benefícios para o consumidor!
Desde as propriedades anti cancerígenas e antioxidantes, até ao fortalecer dos bícepes de quem tem de as carregar, retalhar e envolver numa película anti aderente, antes de as arrumar num frigorífico onde as prateleiras tendem a elevar-se para deixar entrar aquele recheio encarnado...
  
Tal como muitas frutas de casca rija, a melancia está na altura certa de a comer quando a haste estiver seca. Se a haste já tiver sido arrancada, dever-se-á procurar por marcas de unhas espetadas na casca. Inúmeras marcas de unhas de tamanhos diferentes, são os sinais suficientes que precisamos de saber que alguns tiveram dedo para a fruta, mas só nós é que iremos lá com a boca...

(fonte da notícia: https://www.odditycentral.com/foods/densuke-the-worlds-most-expensive-watermelon.html)