Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Um amigo meu chegou a minha casa, ontem de manhã, depois de apanhar uma boleia de Uber.
Não estava bêbado, não tinha problemas com o carro, não tinha a carta apreendida. Perguntei-lhe se estava tudo bem com ele. Respondeu furiosamente: "As pessoas só andam de Uber se tiverem alcoolizadas?" Acenei que sim com a cabeça. Conformado, pediu desculpa e fez-me prometer que não contava nada aos nossos amigos...

 

Um grupo de amigos que estavam sob o efeito de álcool, também ficaram com um efeito de bondade, ao ligar para um Uber, pagando uma viagem para um pássaro bebé que caiu do céu e precisava de uma boleia urgente para tratamento...

 

HD Pássaro bebé apanha boleia de uber sozinho.jp

(fonte da imagem: https://fox13now.com/2019/07/03/uber-driver-shares-story-of-taking-injured-baby-bird-to-rescue-center/)

 

Nem todas as histórias de grupos de jovens bêbados acabam em violência e agressões. (Algumas acabam só em choradeiras, calçado sujo e mensagens de texto sem abreviaturas ou erros ortográficos ...)

 

Depois de saberem do gesto de boa vontade, os responsáveis do centro médico para animais, agradeceram tanto ao motorista da Uber como aos imberbes bebedouros, convidando estes últimos a visitá-los para beber um copo acompanhar a recuperação do passarinho...

Sabem aquela sensação enternecida de receber um bilhetinho com palavras românticas?
Se sim, expliquem-me como é que isso funciona. Não conheço, a não ser que considerem um post-it no frigorífico com o enunciado "É assim tão difícil trazeres o pão quando saíres do trabalho?" uma declaração de amor aos hidratos de carbono...

 

Um romântico (claro que já tem alguma idade...) inveterado presentei-a a sua eterna namorada com o mesmo postal do Valentine's Day há 40 anos, acrescentando uma frase de amor codificada por cada seta do cupido que ainda consegue ser afiada, todos os anos...

 

HD Homem oferece o mesmo postal do dia dos namorad

(fonte da imagem: https://www.dailymail.co.uk/news/article-6700323/Husband-sends-wife-Valentines-Day-card-40-years.html)

 

Os homens dirão que isso é uma desculpa para não gastar dinheiro!!!
As mulheres acharão que é um gesto de amor para a vida toda (expressão lamechas deliberadamente usada para SEO!) que não se compara ao toque das letras do cartão de crédito que apenas lhes pode oferecer a bolsa Michael Kors ou o perfume da Dior, que não são assim tão importantes... comparados com o... acho que me perdi aqui na analogia das letras... ah, vocês sabem... o amor!

Só as crianças conseguem ficar mais bonitas que a noiva num casamento. Seja um rapaz quase a asfixiar num fato muito chato (para ele, nós adoramos a gravatinha apertada!) ou uma menina ladina cujo vestido branco passa de bege a castanho esverdeado, ainda antes de começar a rebolar na quinta da boda....

 

O momento da colocação das alianças, suscita sempre uma imprevisível argolada...

Esta adorável traquinas foi apanhada, pelo fotógrafo, a indicar à noiva, que por acaso também era a sua mãe, qual o dedo correto para colocar o donut de ouro em miniatura...

 

HD Menina apanhada a fazer um gesto feio no casame

(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/adorable-little-girl-caught-doing-13970750)

 

A pequenina de 3 anos desconhecia o que significava o gesto, mas sabia que garantia tantas gargalhadas como o seu pai a cozinhar noivo na pista de dança...

 

Antes de apontarmos o dedo aos outros, devemos ensinar as nossas crianças a aprontar chamadas de atenção que não carecem que alguém as atenda/entenda... (mais uma vez, a semântica é trivial, mas isto continua a não fazer sentido nenhum...)

Apesar do que o título do post possa sugerir, esta é uma história enternecedora de amamentação assistida onde o pai deu uma mãozinha maminha tatuada à progenitora...

 

HD Pai amamenta criança.jpg

(fonte da imagem: https://www.cbsnews.com/news/photos-of-breastfeeding-dad-go-viral/)

 

Apesar da doença da mãe, uma menina recém-nascida foi alimentada com a ajuda de uma seringa, um tubo de alimentação, um mamilo falso... e uma mama de homem verdadeira!

 

Mesmo sendo um bonito gesto humanitário, não quero pensar -sequer- neste cenário ao ar livre...
Não é que seja contra a amamentação na via pública. mas aquela tattoo de 'amor de mãe' nunca deveria ver a luz do dia...