Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Se pesquisarem no Google 'as maneiras mais estúpidas de apanhar Covid-19', talvez encontrem alguma facilmente reconhecida, por algum vizinho ou familiar, que também arranjou uma desculpa para sair de casa sem necessidade aparente...

Pior que sair de casa é entrar em casa alheia, com ou sem convite, mas com um palpite que possa haver algum aniversário que possa prolongar ainda mais este calendário...


(fonte da imagem: https://www.radio.com/news/15-people-contract-covid-from-attending-cats-birthday-party)

Mais de 15 pessoas contraíram o novo coronavírus, após terem comparecido numa festa de aniversário de um gato que deve ter julgado que a tosse e os espirros seriam apenas resultado de uma alergia, a sair de casa depois do confinamento...

O surto peludo, atraiu as atenções do ministro da Saúde do Chile, que não ficou surpreso por se tratar de um ajuntamento devido a uma festa de anos. Ficou após saber que o aniversário era de um gato, animal responsável por assegurar a sua própria higiene pessoal...

A boa notícia foi que o gato não ficou contaminado!
A má notícia foi saber que o dono era o paciente zero, responsável pela contaminação de todos os convidados. Inclusive daqueles que até trouxeram prenda...

Todos os contaminados confessaram que o motivo da reunião, foi efetivamente a celebração do aniversário do gato. Nenhum deles tentou enganar as autoridades, com justificações disparatadas como levar comida e prestar apoio comunitário ao dono...

Para além das 10 pessoas que cantaram os parabéns ao bichano, mais 5 pessoas ficaram doentes por se recusarem a acreditar na história e terem exigido explicações presenciais aos convidados...

Uma das (poucas) boas notícias durante o confinamento, foi o aumento da adoção de animais abandonados, completamente qualificados para dar alegria à nossa vida!

Todavia, ainda muitas pessoas têm a necessidade idiótica de adquirir animais raros, caros e suficientemente bem tratados para permanecerem numa casa que só os deseja ver porta fora, em troco de uma compensação sentimental que pode ser efetuada por uma transferência bancária...

A beleza é uma condição vulgar, atribuída a quem gosta de amar, ao mostrar o que não sente!
E assim de repente, não vejo mal nenhum nisso...


(fonte da imagem: https://www.thesun.co.uk/news/12680560/hairless-eyeless-cat-jasper-instagram-sensation/)

O Jasper é um gato que já bateu o sapato várias vezes à morte e, a nossa sorte, é poder vê-lo no Instagram, a roubar as atenções às influencers que também mostram a pele toda...

Perdeu ambos os olhos devido a uma úlcera córnea, mas ganhou um afeto incondicional de uma dona afortunada pelo seu carinho e pelos seus milhares de seguidores...

Desloca-se com alguma cautela! Não só por não ter visão, mas também pelo receio que a dona lhe vá vestir mais uma peça da sua coleção de merchandising, à venda nas suas redes sociais...

Demorou cerca de 2 anos a adaptar-se à sua nova realidade. Agora é perfeitamente autónomo!
Ainda assim, precisa de alguma ajuda na caracterização e na edição dos vídeos no Tik Tok...

Os veterinários que o acompanham garantem que mesmo após a remoção dos seus olhos e ter sofrido um enfarte, é feliz, saudável e ainda pode viver pelo menos mais 10 anos!
Desde que não adormeça na assadeira junto às batatas descascadas...

A probabilidade de estarmos em casa sentados sem termos o nosso gato no colo é quase nula!
Por isso, vestimos umas calças velhas e passamos o máximo de tempo possível no sofá. Só nos levantamos para ir comer e fazer as necessidades na caixa de areia...

Há uma forma de inverter este cenário preguiçoso e, podem ficar tranquilos, não envolve exercício físico nem saídas para o exterior, onde existem perigos como o Corona Vírus e até o sol...


(fonte da imagem: https://odditymall.com/fake-decoy-human-laps-for-needy-cats)

Colos falsos são a nova tendência para quem gatos quase tão mimados como os próprios filhos...

Devem ser perfeitamente dissimulados para os animais não se sentirem enganados. Da mesma maneira que lhes compramos comida barata ou, pior ainda, cheia de nutrientes e verduras...

Se o gato não cair na armadilha, há outras alternativas mais radicais!

Fingir que o nosso trabalho é feito a partir de casa e obriga a passar muito tempo sentado, continua a ser a medida mais utilizada por quem se esquece que 'alguém já andou com ele ao colo'...

Agora que já todos curamos a ressaca da passagem de ano e fizemos a nossa lista de objetivos para 2020, podemos regressar com sucesso à rotina que nunca se esquece do que promete...

No primeiro post do ano, mostro que o trabalho compensa! É uma alegria imensa perdoar todas as asneiras que os nossos animais cometem. Em prol de uma atenção merecida e uma ternura embebecida...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/man-spends-week-building-2432-21194553)

O gatito de patas ao alto, mostrou-se inocente do crime de destruição de um modelo do Doraemon que demorou mais de uma semana a montar e uns segundos para se escangalhar...

O dono do gato, trabalha numa loja de brinquedos e aceitou, sem medos, construir um modelo de 2.432 peças para um cliente que será, seguramente, agora menos exigente...

Apesar do trabalho perdido, o dono do gato confessou que quando olhou para os olhinhos do amarelinho ficou mais desconcertado que o boneco desmontado...

O Garfield concordaria com o título desta publicação...

Os gatos devem ter sempre o seu peso controlado porque...
A) Deixam-nos as pernas dormentes quando se sentam no nosso colo
B) Acabamos por ir ao supermercado propositadamente para lhes trazer comida
C) Desconfiamos que mais algum familiar pode estar a usar a caixa da areia
D) A sua saúde pode estar em risco, assim como as nossas despesas para o IRS


(fonte da imagem: https://www.dailymail.co.uk/news/article-7697133/Rescue-staff-fat-cat-strict-diet-21lb-moggy-clean-herself.html)

Chama-se Paisley. Tem 4 anos de idade. Pesa 10 quilos e entrou num programa de dieta para poder melhorar a sua qualidade de vida e caber nas fotos que publica nas redes sociais...

A dona foi forçada a entregá-la a um centro de apoio animal, pois a gata já não conseguia tratar da sua própria higiene: "Custou-me muito ter de a levar para tratamento. Ainda sinto um enorme peso na consciência e algumas dores nos braços..."