Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Desta vez, são meias a sério. Ao contrário do impropério geriátrico protagonizado pela avózinha que resolveu meter-se na experimentação da Fleshlight a pé fundo...

As meias ganham vexador desgaste destaque nesta onda de calor. Escondem-se nas sapatilhas brancas da moda e até conseguem morder os calcanhares daquelas com a raquete de ténis que estão incluídas no pack sandálias de emigrante...

 

HD Mulher vende meias velhas e usadas no MarketPla
(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/woman-tries-flogging-dirty-socks-17997611)

 

Esta moça de sorriso amarelo teve faro para o negócio e vende as suas meias rompidas e rodadas!
Depois de fazer o seu jogging diário, coloca-as no inventário e dirige-se para o vestiário, onde aguarda que algum fetichista de pés também queira esfregar a ponta... do nariz!

Quando achar que as meias estão demasiado gastas para se perderem na máquina de lavar, pode sempre usar o Marketplace do Facebook para vender algo que tem mais borboto que as fotos rotas de memórias...

Ontem, durante um jantar de amigos, constatei que ainda não tinha visto os olhos a todas as crianças que estavam na mesa. Quando coloquei essa questão a um dos pais, ele tratou rapidamente de resolver a situação: enviou instantâneamente uma sms ao filho que lhe respondeu prontamente de volta. "Castanhos. Preciso que me carregues o telemóvel!"

 

Os jovens curvados aos vícios de exposição doentia aos smartphones começaram a desenvolver cornos, ainda antes de mudarem o seu estado no Facebook para "Numa relação"...

 

HD Jovens desenvolvem cornos por uso excessivo de

(fonte da imagem: https://www.phillyvoice.com/phone-horns-growing-young-people-skulls-research/)

 

Ansiedade, depressão e fobia social são para totós. Um profissional de redes sociais tem uns valentes cornos atrás da cabeça. Infelizmente, ficam fora do alcance das selfies...

 

Cientistas comprovaram igualmente que as protuberâncias vão alterar o código genético: os pais vão passar as saliências sem experiências para os filhos!
Longe vão os tempos em que os cornos apenas se passavam entre marido e mulher...

Lembram-se daquele filtro com cornos que o ex-ministro da Economia, Manuel Pinho, colocou no parlamento? Talvez não tivesse filtro, mas os seus favorecimentos à EDP  trouxeram 'pouca luz' ao seu inquérito na comissão parlamentar...

 

Este é mesmo um filtro, aquele das orelhas e dos bigodes de gato que dão brilho a quem os usa e abusa da make up sem precisar de fazer o buço do facebook... 

 

HD Ministro paquistânes aparece no facebool live

(fonte da imagem: https://www.socialnews.xyz/2019/06/15/cat-filter-accidentally-used-at-pakistan-ministers-live-meet/)

 

Um ministro paquistanês apareceu em direto, com um cat filter no Facebook, a usar um truque, este acidental, onde lambia tanto o bigode, como os dedos que folheiam à página do decreto que nos fode acode...

 

Os deputados portugueses deveriam adotar estas técnicas de imagem para a população os ver com maior carinho e ternura. Quem é que não gostaria de ver o Rui Rio com a snap cam do Conde Drácula ou a Assunção Cristas com um filtro da Miss Piggy??? Oink Oink...

Ainda esta semana aconselhei uma colega de trabalho a levar na marmita!
Isto podia soar mal, mas foi um conselho saudável para deixar de comer sandes todos os dias. O seu corpo agradece e o estagiário que tem de limpar as migalhas que se barricam nos teclados, também...

 

Um estudo britânico apurou que um trabalhador apenas pára 34 minutos para almoçar, durante a hora completa que dispõe para matar a fome do Facebook e saciar a sede das stories no Instagram...

 

HD Pausa de almoço cada vez mais curta.jpg

(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/how-many-minutes-hours-days-16281639)

 

Esta tendência de diminuição da pausa efetiva de almoço está diretamente ligada à poupança e tenho de escrever aqui saúde também? que a cultura da marmita proporciona a quem já não tem de sair do trabalho/levantar-se sequer para almoçar...

 

São cerca de 12 dias de férias anuais que podemos somar às horas extraordinárias e oferecer aos nossos patrões como prova de fidelidade e compromisso para com a empresa que nos assegura a subsistência e ausência de vida própria...

Em Portugal não existe -felizmente- a tradição de um livro de liceu onde podemos ver a cara com acne, aparelho, óculos fundo de garrafa, etc... de todos os nossos colegas do tempo escola!

 

Prefiro os meus amigos de escola como estão agora: obesos, cheios de nódoas na roupa (sempre provocadas pelos filhos...) com a dentição incompleta e um desleixe grosseiro apenas momentaneamente esquecido com a renovação pontual de fotos de perfil no Facebook...

 

Uma escola do Arkansas, incluiu um cão-polícia/cadela-moina, auxiliar responsável pela segurança, no livro escolar como prémio do seu desempenho ímpar (em não se babar como outros humanos que podiam ocupar o seu lugar...)

 

HD Cão polícia entra na foto de livro de escola.

(fonte da imagem: https://www.upi.com/Odd_News/2019/05/10/Dog-serving-as-school-resource-officer-makes-the-yearbook/7261557515607/)

 

A Mya apenas ladra para os alunos apanharem o seu cocó, sempre que não usam as casas-de banho da escola por se encontrarem num estado que nem ela se arrisca a pôr a pata...

 

O resto dos funcionários do liceu ficaram muito felizes por estarem representados ao lado da cadela. Principalmente as senhoras que se esqueceram de fazer o buço para a foto...