Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

O Natal, mais do que qualquer outro feriado em que se come como se o Ano Novo só se celebrasse com as uvas passas fora de prazo e o champanhe morno, consegue aproximar todos os membros da família!
No meu caso, a maior aproximação foi a da minha barriga ao portátil...

 

Como oferecer meias, pijamas e pantufas de animais já é muito peúgas piegas, um homem resolveu oferecer um teste de DNA para toda a família fazer na hora da troca de prendas!!! 

 

HD Homem oferece testes de ADN para toda a famíli

(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/man-buys-entire-family-dna-13789963)

 

Como devem estar a suspeitar, o choque da surpresa resultou numa discussão mais acesa que a lareira e uma revelação digna de uma novela portuguesa de horário nobre...

 

Acabaram por confessar que um dos filhos não era do pai, mas sim de outro homem que aprovou as rabanadas da mãe ainda antes dela aprender a fazer o seu molho caseiro cujo segredo já não vai ficar só na família... 

Nemo, o cão de Emmanuel Macron foi protagonista de um momento hilariante durante uma reunião de ministros ao dar o seu contributo à discussão que nem chegou a ficar acesa...

 

HD Cão de Macron urina durante reunião de minist

(imagem: http://images.indianexpress.com/2017/10/macron-dog-peeing-759.jpg)

 

Em vez de levantar a mão para falar, o patudinho francês levantou a pata para apagar a lareira antes desta se ligar, a julgar pelo assunto que estava na capa do caderno do presidente...

 

Macron apressou-se a desculpar o canito, dizendo que não era um comportamento habitual.
Normalmente, Nemo marca o seu território quando algum ministro está à perna de umas das políticas menos consensuais do seu dono...

Para terminar a semana com o peixe do dia, ou parte dele, segue-se o verdadeiro insólito numa separação de bens nada amigável, nem doméstica...

 

Um americano foi condenado a uma pena de 4 meses de prisão por cometer peixicídio no resultado de uma discussão familiar muito mal oxigenada!

 

HD Peixe cortado ao meio.jpg

(imagem: https://i.ytimg.com/vi/1PuHI3UbB1A/maxresdefault.jpg)

 

Numa caldeirada demasiado condimentada, a vítima de uma disputa de bens foi nada mais e muito menos... um peixinho de estimação chamado Meia Barbatana!

 

Este filme de pobre animação não teve um final feliz!
É a sequela de 'À procura de Nemo' - Parte (em) 2...