Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/adorable-basil-beagle-uks-first-24395607)

O Basil é um terapeuta funerário que dá apoio a quatro patas, naquelas alturas ingratas onde o luto pode ser amenizado com as únicas 'festas' possíveis no melhor amigo do homem...

Exerce a sua profissão há cinco anos, numa agência funerária inglesa, e até a realeza da sua indumentária, confere ao seu ofício, um sacrifício que muitos familiares não conseguem vestir...

Acompanha as famílias durante a preparação dos funerais. Desde mimar os entes mais inconsolados, a ocupar as crianças que ainda não percebem como alguém pode ficar tanto tempo deitado num caixão aberto...

Consegue aliviar a tensão de um velório, ao esticar a sua pata pelos presentes, sem lhes pedir qualquer esmola para as obras da igreja...

A sua disciplina e treino, evitam que levante uma das suas patas traseiras, prolongando assim a vida das flores que são colocadas na câmara-ardente... 

Apesar de ser um beagle, conhecido pelas suas habilidades de caça, tem uma postura solene e não estranha ver as presas já preparadas para ir ao forno...

Caso as famílias dispensem os seus serviços, Basil permanece imóvel na porta da capela, aguardando que o chamem para dar as suas cãodolências e um curto passeio até ao parque de estacionamento permanente...

Mas a vida do cãoveiro não se fica apenas pela igreja, o cemitério e o crematório!
Basil também socializa com outros animais que optam por não lhe cheirar o rabo, com receio de lhes colocarem uma trela ainda mais curta...


(fonte da imagem: https://www.24sata.hr/lifestyle/sperminator-ima-78-djece-a-s-njim-trenutno-13-zena-ceka-bebu-748814)

Ari Nagel, também conhecido como o Esperminador, já perfilhou mais de 80 crianças e tem esperanças de chegar aos 100 filhos, sem se meter... em sarilhos!?

É dador de esperma em full-time, mas nos tempos livres ainda arranja tempo para ser professor universitário e obter algum salário sem exigir uma pensão de alimentos. Principalmente, de proteínas...

Antes de doar o seu esperma (naqueles frasquinhos que só vemos quando vamos fazer análises à urina) chegou a depositá-lo diretamente no respetivo banco de óvulos...


Como essa prática ortodoxa acarretava custos em jantares e bilhetes de cinema (para além de controlo constante de doenças venéreas), começou a guardar a sua descendência, em tupperwares que se podem transportar no bolso das calças...

Leva uma vida muito saudável e vai regularmente ao ginásio. Embora apenas faça treino de pernas...

Ari Nagel não faz apenas filhos, também é amante de pastelaria!
Adora fazer bolos, principalmente aqueles doces onde é preciso bater as natas em castelo...

Devido à sua vocação reprodutiva, deixou de comprar calças com braguilhas de botões. Também de fecho éclair. Até optar por não vestir nada da cinta para baixo. Como se já tivesse preparado para longos meses em regime de teletrabalho...

Muitos dos filhos biológicos querem conhecê-lo. Para isso, têm de fazer marcação, para não formar filas à porta da sua casa, como na loja do cidadão...

Os desenhos animados podem exercer muita influência no comportamento das crianças!
E dos adultos também!  Assim que foi informado o fim do Ruca, ao fim de 20 anos de emissão, milhares de pais americanos festejaram a notícia, como se de uma invasão ao capitólio se tratasse...

As crianças já não valorizam e idolatram os heróis da animação! Seguem outros vídeos sugeridos nos dispositivos móveis e confundem facilmente os Superwings com os transformers que apresentam os reality shows das estações nacionais...


(fonte da imagem: https://www.tellerreport.com/life/2021-01-08-%0A---%22john-dillermand%22--danish-children-s-series-causes-trouble-with-a-giant-penis-%0A--.HySqjSg8AP.html)

John Dillermand é o nome de uma série animada dinamarquesa, para crianças dos 4 aos 8 anos, onde o protagonista tem uma bigodaça normal e um genital colossal que o ajuda a realizar todas as tarefas que exigem o uso natural, dos membros superiores...

O personagem é tipo o Homem Elástico, dos Fantastic 4, mas tem sempre as mãos livres para poder desempenhar as ações mais complicadas, como coçar o nariz ou pentear o bigode...

Alguns pais acreditam ser apenas uma brincadeira inocente, mas a maioria da população está indignada com a transmissão da animação promove a misoginia e o desleixo em enrolar a mangueira, após regar o quintal por aparar...

O termo Dillermand significa, literalmente, homem pénis! Para que não se pense que o apêndice do senhor barrigudo, possa ser, um hemorroidal muito bem-educado...

A série é realmente educativa e não demonstra nenhum tipo de sexismo!
Há uma cena onde uma senhora aconselha o John, a manter o seu braço extra, dentro do seu fato de banho e ele respeitosamente, dá à manivela para levar a anaconda ao seu ninho...

Desligadas das críticas, as crianças adoram a série e pedem aos pais para assistirem em família!
Apenas não compreendem porque é que o pai, tem de se levantar do sofá, para ir à casa de banho...

Admiro genuinamente quem consegue distinguir os filhos gémeos!
Calculo que se tivesse algum filho, teria dificuldade em distingui-lo doutra criança que fosse buscar ao infantário. Em caso de engano, seria mais tolerante se ele se recusasse a vestir as roupas usadas dos irmãos mais velhos...

Com o passar dos anos, é mais fácil identificá-los!
Até porque já respondem quando chamamos por eles. Assumindo que não nos esquecemos do nome ou que eles até ouvem o que temos para lhes dizer...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/mum-twins-slammed-after-tattooing-23141931)

Uma mãe de gémeos foi pintada à pistola de pressão, nas redes sociais, após tatuar um dos filhos de 5 anos, para poder distingui-los e assim conseguir dar a medicação certa naquele que menos se queixava de levar com a seringa...

O conselho de realizar uma tatuagem temporária, foi dado por um médico que nada tem a ver com aqueles influencers que usam uma tatuagem de verão para depois a esconderem no inverno...

A tatuagem é apenas uma pequena sarda e passa despercebida a qualquer mãe que se esqueça de limpar cara do filho depois de lhe dar as papas...

Mesmo assim, a sogra da mama pintora, recusa-se a aceitar a profanação do corpo da criança inocente e pediu-lhe para apagar a tatuagem. Segundo ela, os meninos têm o direito de crescer como todos os gémeos e fazer de conta que são o outro, sem terem de fazer castings para telenovelas...

A marca desaparecerá ao fim de alguns anos. Altura em que o menino já será capaz de se injetar a si próprio. Isto se não enveredar por caminhos desviantes como fazer parte do clube de fãs da Carolina Deslandes ou, pior ainda, ingressar nos escuteiros da sua freguesia...

No dia do casamento, as atenções devem-se centrar apenas nos noivos!
Mas como nós sabemos, há convidados descarados que não perdem a ocasião para mostrar ao fotógrafo, o quão felizardo ele é, por poder substituir todas as selfies que aparecem sem convite...

Desde vestidos e fatos coloridos, a sapatos mal esculpidos, todas as razões servem para se destacarem daqueles que apenas desejam a felicidade... para os noivos!


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/man-arrives-wedding-six-pregnant-23066370)

Uma celebridade nigeriana, mostrou que sabe dar cana, ao aparecer num casamento de um amigo, com 6 acompanhantes de umbigo, muito distante das suas costas...

Mike Eze-Nwalie Nwogu, dono de um clube noturno na Nigéria, afirmou ser pai das crianças, cujas mães praticaram as mesmas danças no seu varão, nas festanças das suas discotecas...

As 'amigas de aluguer' compareceram vestidas de prata, enquanto o pai decidiu usar uma cor mais chata que passa indiferente quando deitado numa travessa de marisco...

A fila para a casa de banho era digna de um festival de verão e todas as mulheres fizeram questão de perguntar umas às outras se o centro de saúde da freguesia, não devia voltar a ter o planeamento familiar... 

Assim que chegaram ao evento, já ninguém se lembrou estar num casamento!
O convite não era para um baby shower, mas muitos convidados tiveram a iniciativa de enrolar a respetiva fralda para não apresentarem um bolo de calças com demasiado recheio...