Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Os filhos das novas gerações já não são exclusivamente humanos!
Planos de uma vida incerta, cuja carteira aperta quando gastamos tempo e dinheiro no que mais gostamos...

Os animais fazem parte das nossas vidas, sempre documentadas em vídeos e fotografias, onde encontramos alegrias em espaços retangulares que seguramos entre os indicadores e os polegares...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/me-boyfriend-share-bed-7st-22442194)

Um casal de namorados partilha a cama com 2 inquilinos aveludados: um porco freguês e o seu melhor amigo, um bulldog francês...

Cada noite proporciona uma ópera ressonante e o mais impressionante é que o porco não se parece queixar que o trombone do dono está ligeiramente abaixo do tom...

Apesar do que possa pensar, o quarto está sempre limpo e perfumado!
Até porque se o homem não tomar banho, terá de dormir no quarto ao lado...

O porco Pickles foi adotado depois de ter sido abandonado por maus tratos que o forçavam a dormir no sofá, privado de Netflix e pipocas...

Nas suas redes sociais, a dona dos animais, defende que os porcos não são apenas comida!
Também podem ser uma travesseira peluda aquecida...

A indústria do sexo também foi vigorosamente abalada pela pandemia!

Homens infiéis que tinham por hábito contrair várias doenças venéreas, lamentam-se que só têm à sua disposição, o Covid-19 na ementa do take-away...

Também mulheres que sonharam ser bailarinas, em pequeninas, queixam-se que o único varão que podem polir, é justamente aquele que as faz dançar...

Para dar a volta (e cair de pernas abertas...) à crise na clientela, há que tornar o negócio mais apelativo para quem vai buscar de comer fora e traz efetivamente comida...


(fonte da imagem: https://news.sky.com/story/coronavirus-strip-club-offers-drive-thru-service-during-us-lockdown-11986446)

Um clube de striptease na América, oferece danças de varão enquanto os clientes aguardam pela entrega da comida que encomendaram...

O dono da casa de arejamento resolveu manter a cozinha a funcionar, para aproveitar as suas dançarinas que têm sempre o forno ligado...


Os clientes habituais aplaudiram a ideia. Só com uma mão...

Não há nenhuma nudez. O freguês pode perfeitamente filmar a recolha da comida e partilhar no Instagram que a carne é bem servida, embora lhe falte algum molho...

Graças a esta reinvenção do take-away, o patrão conseguiu tirar 6 funcionárias de casa, 4 colaboradoras dos quartos e ainda outras 2 empregadas que já (se) entregavam no domicílio...    

Estamos todos com saudades de ir comer a um restaurante!
Não só pela qualidade da comida, mas principalmente pela oportunidade de publicar uma foto do prato decorado com uma localização que seja diferente da nossa casa...

As medidas sanitárias dificilmente deixarão todos os habituais clientes descansados.
A não ser que o espaço seja no exterior, no meio do nada, e a refeição entregue com uma corda polida e imaculada...


(fonte da imagem: https://metro.co.uk/2020/04/28/restaurant-one-person-food-ziplined-kitchen-window-opens-middle-swedish-field-12622087/)

Bord för En significa 'Mesa para Um' e é o nome de um restaurante sueco que irá servir uma refeição por dia, para um só cliente, com um serviço de mesa extremamente prudente...

Apenas servirá refeições entre o dia 10 de maio e o dia 1 de agosto.
Contudo, estará seguramente aberto durante o ano todo...

A ideia do criador deste conceito passa por garantir total segurança ao cliente.
Mesmo não sendo potencial cliente, tenho a total de segurança para dizer que este chef já fritou a sua pipoca bem antes da pandemia...

Apesar do que se poderia esperar, o cliente apenas irá pagar o que considera ajustado.
A ementa consiste em 3 pratos, 1 cocktail e também inclui um -mais que certo- resfriado...

A comida sai diretamente da cozinha, sem passar pela relva aparada e chega à mesa através de uma cesta perfeitamente recheada!

Como vai acontecer com a maioria dos restaurantes, haverá uma medição de temperatura antes da entrada dos clientes. Desta forma, poderão comprovar que o chef não está demasiado febril para lhes preparar uma refeição que nunca esquecerão... 

A América tem sido fustigada com a pandemia do coronavírus!
Um vírus que não respeita as pessoas mais velhas, nem sequer os azelhas que se tornam presidentes de um país cujas fronteiras estão sempre abertas às suas peneiras...

É fundamental que os idosos se mantenham em casa, nem que para isso, tenham de solicitar bens essenciais... pelos vitrais e redes sociais!


(fonte da imagem: https://www.pennlive.com/coronavirus/2020/04/homebound-pa-woman-93-sends-beer-sos-for-more-coors-light-amid-coronavirus.html)

Uma velhinha de 93 anos isolada, foi fotografada a pedir cerveja, com um cartaz, uma lata vazia e uma alegria na sua cara mais contagiante que o próprio vírus...

O apelo que chegou à internet, levou vários utilizadores a disponibilizarem-se para lhe fazer chegar o elíxir enlatado a sua casa. Inclusivé aqueles que têm muito medo de levar o lixo à rua...

A reação da comunidade não tardou e vários vizinhos se prontificaram a satisfazer-lhe o pedido!

O vizinho da frente entregou-lhe uma caixa de cerveja e ainda lhe perguntou se precisava de mais alguma coisa, como comida ou medicamentos.
A avózinha agradeceu humildemente e apenas lhe pediu para vestir alguma roupa quando tivesse à varanda e que baixasse o volume da sua voz que ofenderia qualquer banda...

Rolos de papel higiénico. Alguma comida que não possa ser empilhada em lotes de lata também pode ser interessante...

Não posso pedir a ninguém que conte quantas folhas usa para remover os vestígios de massa fecal alojado no poisadoiro depois de ter inalado um aviso odoro de que já deveria estar sentado...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/dad-takes-matters-hands-quarantine-21721600)

Um homem isolado em quarentena conseguiu fazer todas as contas sobre os gastos de consumo de papel higiénico e a verdade revela só precisamos de continuar a ir lá com os dedos, desde que ainda exista água corrente... 

Mesmo não sendo um regular operacional de 'corte fino'', um só pack de várias daquelas granadas enroladas e (oh não...) agora perfumadas, pode assegurar várias semanas de consumo de água, exclusivamente para o resto do corpo onde o -nem o vírus!-  quer tentar explorar...