Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Enquanto sufocava com a máscara e esperava para ser atendido na farmácia, ouvi uma senhora a lamentar-se pelo facto de o seu filho estar fechado em casa, sem fazer nada...
O farmacêutico mostrou-se compreensivo e pediu-lhe tolerância durante este período complicado.
Ela garantiu-lhe que nada tinha a ver com a pandemia. Desde que saiu da escola, nunca quis ir trabalhar...

O aborrecimento tem comprovado porque é que não aguento percorrer os feeds das redes sociais...

Algumas brincadeiras até são saudáveis para passar o tempo.
Outras parvalheiras escorrem pelas calças como carpideiras infiltradas nas algibeiras...


(fonte da imagem: https://www.vkmag.com/magazine/mensen_doen_de_vreemdste_dingen_in_lockdown_de_pee_your_pants_challenge)

Pee in your pants challenge é o morno desafio que está a pingar no Tik tok e levou a reboque milhares de utilizadores que demonstram ter fugas por todos os lados... 


Tudo começou com uma paródia de um jovem que queria mostrar como a internet é um riacho proveniente duma nascente de esgoto. Desagua nas pontas dos dedos de quem só os viu em fotos e vídeos...

A moda rapidamente encheu as bexigas de quem sofre de incontinência de atenção!

A motivação para a realização deste objetivo, leva os participantes a ingerirem uma maior quantidade de cerveja. Só para se certificarem que conseguem superar a prova, de molharem a tijoleira da casa de banho...

A trend mijatória está a alcançar a trajetória da população mais idosa!
Vários influencers descobriram o potencial dos mais velhinhos para fazer este desafio. Muitos deles nem sequer têm redes sociais, para partilhar o bom funcionamento dos seus genitais...

A marca Tena Pants já avançou com uma ação de protesto!
Viu a sua faturação cair a pique, sem salpicar nenhuma gota para o fabricante deste vedante...

A febre das máscaras sociais veio desenferrujar as máquinas de costura que já tinham pouca procura, dado que não se fazem bainhas em calças que não se usam...

Existem vários modelos, desde o algodão das t-shirts que não já entram nos ombros às cortinas velhas arrumadas nos escombros de uma arrecadação que ninguém quer arrumar...


(fonte da imagem: https://canoe.com/news/good-news/utah-moms-penis-face-masks-raises-thousands-for-charity)

Uma costureira de verdade angariou milhares de dólares para caridade, ao vender o seu modelo de  proteção facial, feito com tecido estampado de um multicolorido genital...

Ao longe, não é possível distinguir o padrão peniano e apenas ao perto se consegue perceber... que não estamos a cumprir a distância de segurança!

As máscaras custam cerca de 20 dólares e como ficam húmidas frequentemente, devem ser lavadas a uma temperatura nunca superior a 60º. Para não haver o risco de as pessoas terem de se chegar demasiado perto para reconhecerem o (hálito) estampado mirrado...

A urgente procura de papel higiénico já não é feita apenas em casa, com as calças em baixo, uma assadura imensa e a cabeça dentro da despensa...

A única explicação plausível passa por nos forrarmos, tipo múmias, enquanto não acaba esta travessia no deserto, cujo oásis ainda é incerto...


(imagem: https://www.the-gazette.co.uk/news/national-news/18292656.arcade-fills-grabber-machine-toilet-rolls-amid-coronavirus-stockpiling/)

Máquinas de apanhar rolos de papel higiénico estão a cativar muitos apreciadores em diversões e feiras que já não os conseguem encontrar nas habituais prateleiras...

Os brinquedos e peluches que costumavam ocupar as máquinas foram encaixotados e viram perder os seus longos reinados, para um vírus que ainda não tem idade sequer para batizados...

Provar comida de animais é tolerável, mas só por que o faço quando acabam as bolachas cá em casa. Experimentar medicamentos para animais é, só, tão irresponsável como tomar medicamentos sem prescrição médica. Veterinária também...

(https://metro.co.uk/2020/01/14/man-suffers-three-day-erection-taking-stimulant-used-breeding-bulls-12053778/)

Um homem tomou um estimulante usado para a procriação de touros e ficou 3 longos dias a desejar que tivesse sentido outros agouros...

A ideia era garantir vigor sexual para não desapontar a parceira. Aprontou da mais estúpida maneira e foi submetido a uma cirurgia para lhe tentar canalizar o sangue... para a cabeça (certa)!

Desconhece-se o estado do viagrado depois da operação e, mais importante que isso, não houve confirmação se chegou a usufruir da ereção antes de tentar voltar a vestir as calças...

A loura maquilhada na fotografia pode confundir a alegria de quem aprecia danças de varão, baronesa ou duma certa duquesa que vai separar o neto da avó, com certeza...

Ontem foi o Dia Mundial sem Calças e foi celebrado no metro do Porto, Lisboa e noutras localidades onde a roupa é muito difícil de secar com a geada que tem caído!


(fonte da imagem: https://tvi24.iol.pt/sociedade/dia-sem-calcas/e-hoje-que-pode-tirar-as-calcas-no-metro-de-lisboa)

É mais uma trend importada da América e a julgar pelas fotos que vi, de algumas ceroulas amareladas, usadas por indivíduos de barbas manchadas, pode ser ainda mais assustadora que o Halloween...

A "No Pants Subway Ride" tem cada vez mais adesão em Portugal. Os metros enchem-se essencialmente de transeuntes curiosos que querem ver. Ver se as tarifas subiram em Janeiro, para não ficarem o resto do ano com as calças na mão...