Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Uma das (poucas) boas notícias durante o confinamento, foi o aumento da adoção de animais abandonados, completamente qualificados para dar alegria à nossa vida!

Todavia, ainda muitas pessoas têm a necessidade idiótica de adquirir animais raros, caros e suficientemente bem tratados para permanecerem numa casa que só os deseja ver porta fora, em troco de uma compensação sentimental que pode ser efetuada por uma transferência bancária...

A beleza é uma condição vulgar, atribuída a quem gosta de amar, ao mostrar o que não sente!
E assim de repente, não vejo mal nenhum nisso...


(fonte da imagem: https://www.thesun.co.uk/news/12680560/hairless-eyeless-cat-jasper-instagram-sensation/)

O Jasper é um gato que já bateu o sapato várias vezes à morte e, a nossa sorte, é poder vê-lo no Instagram, a roubar as atenções às influencers que também mostram a pele toda...

Perdeu ambos os olhos devido a uma úlcera córnea, mas ganhou um afeto incondicional de uma dona afortunada pelo seu carinho e pelos seus milhares de seguidores...

Desloca-se com alguma cautela! Não só por não ter visão, mas também pelo receio que a dona lhe vá vestir mais uma peça da sua coleção de merchandising, à venda nas suas redes sociais...

Demorou cerca de 2 anos a adaptar-se à sua nova realidade. Agora é perfeitamente autónomo!
Ainda assim, precisa de alguma ajuda na caracterização e na edição dos vídeos no Tik Tok...

Os veterinários que o acompanham garantem que mesmo após a remoção dos seus olhos e ter sofrido um enfarte, é feliz, saudável e ainda pode viver pelo menos mais 10 anos!
Desde que não adormeça na assadeira junto às batatas descascadas...

Os filhos das novas gerações já não são exclusivamente humanos!
Planos de uma vida incerta, cuja carteira aperta quando gastamos tempo e dinheiro no que mais gostamos...

Os animais fazem parte das nossas vidas, sempre documentadas em vídeos e fotografias, onde encontramos alegrias em espaços retangulares que seguramos entre os indicadores e os polegares...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/me-boyfriend-share-bed-7st-22442194)

Um casal de namorados partilha a cama com 2 inquilinos aveludados: um porco freguês e o seu melhor amigo, um bulldog francês...

Cada noite proporciona uma ópera ressonante e o mais impressionante é que o porco não se parece queixar que o trombone do dono está ligeiramente abaixo do tom...

Apesar do que possa pensar, o quarto está sempre limpo e perfumado!
Até porque se o homem não tomar banho, terá de dormir no quarto ao lado...

O porco Pickles foi adotado depois de ter sido abandonado por maus tratos que o forçavam a dormir no sofá, privado de Netflix e pipocas...

Nas suas redes sociais, a dona dos animais, defende que os porcos não são apenas comida!
Também podem ser uma travesseira peluda aquecida...

Fazer sexo em tempo de pandemia é uma alergia atópica, tão atípica como uma coceira sazonal que ruboriza quem fricciona uma pele que não é só a sua...

Diversos estudos científicos sobre a transmissão do vírus, permitem concluir que passamos mais tempo com o Google do que com a nossa parceira de pesquisas corporais...

A possibilidade de contágio pela saliva, sangue, fluídos vaginais e sémen, fazem-nos refletir se não deveríamos efetuá-lo unicamente pelo risco de poder reproduzir...  

Ter cuidado com o ato sexual não significa executá-lo como um animal. Se bem que algumas espécies animais só o fazem com o mesmo parceiro que nem baba o travesseiro...


(fonte da imagem: https://www.thesun.co.uk/fabulous/11885268/im-so-scared-of-coronavirus-i-have-sex-with-ppe-on-i-deep-clean-my-bedroom-everyday-we-wear-face-masks-gloves/)

Desde o início do Covid-19, um casal britânico só pratica sexo protegido com máscara e luvas, depois de uma desinfeção tão profunda quanto os detergentes permitem...

A condição foi imposta por uma enfermeira que gosta de levar. Trabalho para casa...

Como qualquer homem, o namorado aceitou a exigência, sem precisar de ouvir os termos...

Já gastaram mais de 3 mil euros em material de proteção, desde o início da pandemia e desta atividade que leva a expressão 'brincar aos médicos' aos cuidados intensivos...

A duração da atividade sexual é programada e não são toleradas posições sexuais em que os parceiros estejam frente a frente!
Antes da pandemia também já era assim. Obviamente sem máscara e luvas. Pelo menos na boca de ambos...

Ainda não há certezas sobre a origem do Coronavírus!
Pode ter surgido num estrugido de morcego, cozinhado num laboratório ou ter aparecido primeiro num humano que não voltou a abraçar o seu pangolim...

Ao contrário do que acontecia no início da pandemia, surgem cada vez mais casos positivos em animais domésticos. Segundo os  cientistas, isto deve-se ao facto de as pessoas apenas terem cumprido a proibição da prática de abraços e beijinhos... com a família e vizinhos!

A possibilidade de mutação do vírus em animais, e retransmissão da infeção em humanos, é motivo de preocupação crescente. Alguns donos mais prevenidos, começaram já a deixar os seus animais fechados, agora que voltaram a trabalhar...

Para quem julga que esta hipótese é uma mera macacada, pode constatar que uma dentada num tubo de ensaio pode garantir uma ferida na gengiva. E depois, um desmaio...


(fonte da imagem: https://www.livescience.com/monkey-steals-covid-19-blood-samples.html)

Um gang de macacos organizados, patrocinados por uma vontade de meter tudo à boca, furtou amostras de sangue com Covid-19 positivo...

Entraram à socapa num laboratório de uma universidade na Índia e foram diretamente às amostras.
Nem se deram ao trabalho de procurar nas gavetas, alguma banana esquecida...

Depois de cometerem o roubo, também foram filmados a roer luvas cirúrgicas!
Desconhece-se se as luvas estavam contaminadas ou se apenas foram trincadas para ajudar na digestão...

Não há nenhuma prova que os macacos possam ficar contagiados.
Contudo, podem espalhar o vírus pelas povoações na proximidade e exigir saber a verdade quanto ao número real de casos existentes no país...

De notar que ao saborear o saque, cada macaco se deu ao trabalho de manter o distanciamento, no seu galho...

Singapura é um país reconhecido pelas suas leis rígidas que demovem qualquer cidadão a conspurcar o chão, seja por mascar chicletes ou urinar em público fora duma divisão...

Também era um exemplo de combate ao Covid-19...
Apesar da proximidade com a China, conseguiu suster a primeira vaga da pandemia em 200 casos.
Uma segunda vaga fez disparar para 20.000, o número de casos de cidadãos que chegaram a festejar o fim do isolamento com abraços e apertos de mãos...

O governo já está a preparar várias ações de luta, sendo que uma delas envolve robots amigos que alertam para os perigos do contacto social no seu habitat natural...


(fonte da imagem: https://mn.coronavirusnewslive.com/coronavirus/robot-dog-used-to-enforce-social-distancing-in-singapore-parks-during-coronavirus-lockdown-the-sun/)

O Spot é um robot cão que percorre os parques de Singapura e ladra uma mensagem que não descura o distanciamento social... 


Está equipado com câmeras e sensores para não causar dissabores em quem apenas quer ter marcas de bronzeado nas pernas...
Apesar de alguma desconfiança inicial por parte dos habitantes, as autoridades garantiram que não serão guardados nenhuns dados ou registos da vigilância canina!
Claro, o mesmo já acontece com a app obrigatória de rastreio do Covid-19...

O animal de metal consegue detetar comportamentos de risco. Como piqueniques não autorizados, corridas em grupo e até uma fuga ao fisco...

O vigilante de 4 patas de ferro ainda está em fase de testes. Um dia destes, será muito parecido com um cão normal. Depois de ser programado para cheirar o pára-choques traseiro dos seus colegas e elevar a pata de trás para realizar a mudança de óleo numa árvore ou banco de jardim...