Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

- Desculpa. Eu adoraria ir ao teu casamento, mas nesse fim de semana do próximo ano vou estar com gripe... 

Nesta época de ranhoca badalhoca, não seria boa ideia planearmos os dias de gripe para aquelas alturas que nos dá mais jeito? Não quero ouvir ninguém dizer o contrário...

 

HD Lenços usados à venda na internet.jpg

(fonte da imagem: https://i.iheart.com/v3/re/new_assets/5a5e564d3d6de3b29fa7e560?ops=max(650,0),quality(80))

 

Já o podemos fazer, encomendando uma caixa de lenços de papel usados com germes devidamente certificados que garantem um adequado planeamento gripal...

 

Se esta ideia alguma vez for adotada numa empresa, ainda vai ser mais difícil chegar a um consenso no que concerne os dias de férias dum departamento...
- Troco a sexta-feira santa, por um estado gripal, na ponte do 25 de abril!
- Só se me deixares ficar de molho no sofá, no 24 de junho, e eu dou-te a tolerância de gripe na terça-feira de Carnaval...

Recentes decisões de juízes têm chamado a atenção da opinião pública (departamento sofá e chaise longue) sobre a adequada condenação de cidadãos que lavam as mãos com  sabão rosa de barra e água que chega a ferver, mas é arrefecida para não queimar ninguém...

 

HD Condenado a ver o Bambi uma vez por mês.jpg

(fonte da imagem: https://www.smh.com.au/world/north-america/poacher-who-killed-hundreds-of-deer-sentenced-to-repeatedly-watch-bambi-20181218-p50mvx.html)

 

Condenado a um ano de prisão por matar veados ilegalmente, este 'gnu almiscarado' foi obrigado pelo juíz, a ver o filme Bambi uma vez por mês até decorar as falas todas e fazer teatro amador para a freguesia no salão paroquial!

 

É verdade que somos obrigados, nesta época de Natal, a ver o Sozinho em Casa e não cometemos nenhum pecado (para além de comermos tudo o que couber no bucho e fazermos de conta que prestamos atenção às histórias que alguns familiares já repetiram... vezes sem conta!)

 

Creio que o condenado vai aprender a lição* e depois de ver 12 vezes o filme, pedinchará para ver o Natal dos Hospitais sem intervalo para encomendar um Calcitrin ou um Mangostão Mais!

 

*Lembram-se daquela cena, quando o coelhinho Tambor diz para a sua mãe que o Bambi é esquisito e ela lhe responde: - Tambor, se não tens nada agradável para dizer, não digas nada! ???
Esta ainda é a lição que eu me recuso a aprender...

Enquanto contamos os dias para o Natal, (as semanas para a Páscoa e os meses para as férias de verão,) a gula da época começa a sair do forno e a saltar para as mesas de quem gostaria de permanecer sentado, a enfardar o ano inteiro, sempre com o mealheiro cheio...

 

A sugestão adocicada de hoje é um brownie coberto a ouro comestível que pode ser facilmente adquirido pela módica quantia de 500 dólares... 

 

HD Brownie de 500 euros.jpg

(fonte da imagem: https://abc7.com/food/try-this-$500-brownie-covered-in-gold/4894016/)

 

O vídeo de apresentação mostra um homem a provar a iguaria com tamanha alegria que até ficou com ouro na boca. E não era o mesmo que já trazia nos dentes...

 

Se alguma vez comer um chocolate destes, vou diretamente ao meu banco, exijo falar com o meu gestor de conta e peço-lhe para fazer um depósito... de cócoras!

Nesta época de verão, testemunhamos churrascadas nos mais inóspitos lugares e para mal dos nossos azares... basta estar vivo, para aturar, famílias barulhentas, a importunar, mesmo aqueles que já não se podem queixar!

 

HD Churrasco num cemitério.jpg

(fonte da imagem: https://www.indy100.com/article/barbecue-cemetery-yorkshire-gravestones-church-bbq-8455096)

 

Uma fumarada descontrolada de entrecosto e minis geladas teve palco num cemitério e entre os cabeças-de-cartaz figuravam 3 adultos e 7 crianças, para atiçar as brasas... da vizinhança!

 

Os vizinhos revoltados por não terem sido convidados confrontaram os hereges de calções beges sobre a falta de respeito de estarem profanar um espaço sagrado.
A resposta que obtiveram foi um olhar de luto e um silêncio sepulcral...