Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Os bebés costumam dar-se bem com a água!
Se pudessem escolher entre toalhitas perfumadas e água corrente, creio que nenhum recém-nascido ficaria indiferente às despesas mensais que os seus pais têm com fraldas...

Desde partos na banheira a mergulhos nas piscinas, desde muito pequeninas, todas as crianças acabam por se habituar a tomar banhos forçados. Entretanto, crescem e competem pelo pior odor nas axilas que só pode realmente ser medido, quando se amontoam nos transportes escolares...

water-skiing-six-month-old-son_540.jpg
(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/parents-accused-child-abuse-over-22732285)

Um bebé de 6 meses é uma sensação (clara de abuso parental) no Instagram, onde aparece a fazer esqui aquático, com um sorriso de orelha a orelha. Mas levanta a sobrancelha de quem já acha perigoso dar-lhe um banho de água fria...

Segundo os pais, desde os 3 meses que se consegue manter de pé!
Desde aí, começou a trepar pelos móveis, à procura das chaves de casa...

Apesar da despesa, o custo da babycock da Chicco já começa a ser amortizado com as receitas obtidas nas redes sociais...

Os haters repudiam a negligência dos pais em colocar a segurança da criança em risco!
Os defensores desta aventura, dizem que esta criatura não chegará a precisar de tablet e smartphone, para se entreter e conseguir comer sossegado à mesa...

Com meio ano de vida, já montou uma tartaruga, brincou com cavalos e já explorou parques ecológicos.
No seu primeiro aniversário, espera-se que já consiga falar, para pedir aos seus pais para pararem com o frete, de pedinchar likes na internet...

A quarentena inspirou muitos padeiros amadores a cozer o pão que o Coronavírus amassou...

Várias receitas de pão caseiro mostraram que, com algum trabalho e pouco dinheiro, é possível comer mais saudável e fazer dieta de creme de pasteleiro...

Padarias e pastelarias voltaram a seduzir novamente os clientes que passaram a conhecer os ingredientes que não podem entrar no forno doméstico, pois provocam obesidade em porta-moedas e carteiras quentes...

O aproveitamento de recursos considerados inúteis nunca esteve tão à tona!
Não só se poupa água nas descargas, como se canaliza o que se remata para o interior das balizas brancas...


(fonte da imagem: https://nypost.com/2020/07/08/baker-uses-female-urine-to-make-goldilocks-bread/)

Uma padeira francesa consegue poupar à grande, com a certeza de utilizar urina feminina para fertilizar o trigo usado no fabrico de pão de amarelada coloração...

A urina provém diretamente de um urinol público de Paris, especialmente concebido para separar o trigo do joio. Ou seja, nesta casa de banho amiga, apenas é possível esvaziar a bexiga...

Não há provas científicas como a urina pode afetar o sabor do pão!
Mesmo assim, muitos clientes ainda fazem questão de saber se o padeiro lava as mãos... antes e depois de esticar a respetiva baguete!

Como a urina contém nitrogénio, pode ser aplicada na indústria da panificação!
Para além da vertente ecológica, também traz muitos benefícios na produtividade, uma vez que reduz drasticamente as pausas dos funcionários para ir à casa de banho...

Rolos de papel higiénico. Alguma comida que não possa ser empilhada em lotes de lata também pode ser interessante...

Não posso pedir a ninguém que conte quantas folhas usa para remover os vestígios de massa fecal alojado no poisadoiro depois de ter inalado um aviso odoro de que já deveria estar sentado...


(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/dad-takes-matters-hands-quarantine-21721600)

Um homem isolado em quarentena conseguiu fazer todas as contas sobre os gastos de consumo de papel higiénico e a verdade revela só precisamos de continuar a ir lá com os dedos, desde que ainda exista água corrente... 

Mesmo não sendo um regular operacional de 'corte fino'', um só pack de várias daquelas granadas enroladas e (oh não...) agora perfumadas, pode assegurar várias semanas de consumo de água, exclusivamente para o resto do corpo onde o -nem o vírus!-  quer tentar explorar...

É minha obrigação iniciar este post, com as precauções e proteções que devemos adotar, de modo a podermos sobreviver ao Corona vírus. Da mesma forma como temos sobrevivido a todas notícias virais, veiculadas por alegados jornais e meios de comunicação pandémicos...

Não devemos deixar de frequentar as lojas e restaurantes chineses, todos os meses!
Devemos sim, reciclar os garrafões de água que deixaram de servir como vasos exteriores para os horrores da decoração em massa...


(fonte da imagem: https://nypost.com/2020/01/29/coronavirus-outbreak-travelers-cover-heads-with-plastic-bottles-to-dodge-disease/)

Milhares de pessoas começaram a usar garrafões de água como capacetes de proteção contra a infeção que tem se espalhado da China para todas as partes do mundo, onde é obrigatória a reciclagem...

Ainda não é uma tendência de moda aceite entre os influencers. Todavia, já existem filtros no Instagram que conseguem coar algumas 'caras de garrafões plásticos'...

A OMS desaconselha totalmente o uso destas viseiras azeiteiras e sugere à população, a colocação de escafrandos artesanais para afastar a presença de vírus malandros e seus pais!!!

Todos os que costumam entrar neste santuário literário, sabem qual é a importância de novos estudos científicos sobre hábitos religiosos: nenhuma!

Desta vez, o terço é diferente quando se tem gatos no quarto. Farto é aquele que se enche de ir à igreja, para ficar em casa a beber cerveja idolatrar pequenos deuses de bigodes longos...


(fonte da imagem: https://news.sky.com/story/cat-lovers-less-likely-to-go-to-church-research-suggests-11902123)

Um estudo americano concluiu que amantes de gatos são menos propensos a frequentar a igreja e outros lugares de culto a divindades de milenares longevidades...

Os especialistas (em sacar bolsas do estado) envolvidos neste estudo, revelaram que como os gatos requerem poucos cuidados, os seus donos tendem a venerá-los até eles lhes darem dois pares de estalos...

A pesquisa chegou igualmente à conclusão que os gatos se consideram deuses por lhes oferecermos água e comida. Enquanto os cães acham que nós é que somos deuses por lhes fazermos o mesmo...
"Os deuses devem estar loucos, mas nós, humanos, estamos cada vez mais sãos..."