Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Ambientadores. Estão em todo o lado: são velas fedorentas coloridas, aerossóis complicados de pressionar, ocupam as tomadas onde carregamos os smartphones, entranham-se em pauzinhos que teriam uma existência mais feliz numa espetada de porco, até têm sensores e temporizadores que disparam um breve 'pfff', como um peidinho convertido à fragância, vestido com um uniforme de colégio privado...

 

Sabem onde podem guardar todos esses ambientadores???

 

HD Homem vai parar ao hospital com um ambientador

(fonte da imagem: https://metro.co.uk/2019/01/03/man-gets-glade-air-freshener-stuck-bum-sex-game-8307924/)

 

Um homem perfumado à pressão, entrou no hospital com um ambientador Glade arrumado na estante retal, mas parece ter mantido -para além do aroma- a postura, pois houve quem o visse a chegar às urgências com as costas muito direitinhas!!!

 

Alegadamente, foi o resultado dum jogo sexual que tinha tudo para cheirar a esturro...

 

A parceira do enlatado confessou que foi ele quem lhe pediu para guardar o ambientador no fundo do armário acastanhado à temperatura natural corporal...

É praticamente impossível resistir à ternura de uma sessão fotográfica profissional de um bebé!
Aquele sorriso tímido, um doce olhar, as roupinhas adoráveis e até o típico cavalinho de madeira que balança a criança... desejosa por se agarrar as maminhas da mãe e fugir daquela luz branca que quer obrigá-la a confessar onde é que é o esconderijo das chupetas...

HD Sessão de fotografia com mulher adulta embrulh

(fonte da imagem: https://wew.news/top-news/470587/Womans-336-month-birthday-photo-shoot-goes-viral.html)

 

Uma sessão fotográfica de uma mulher adulta em poses de bebé conseguiu a atenção da internet que se divide em tirar-lhe o lacinho da cabeça ou apertá-lo mais abaixo, no pescoço...

 

Todos temos uma criança dentro de nós e podemos facilmente pô-la cá fora, sem dar à luz (mesmo com a descida de preço...) e sem ter de a expôr aos likes e aos bitaites de quem não se importa de pagar a conta, só com a ponta do indicador...  

O Natal, mais do que qualquer outro feriado em que se come como se o Ano Novo só se celebrasse com as uvas passas fora de prazo e o champanhe morno, consegue aproximar todos os membros da família!
No meu caso, a maior aproximação foi a da minha barriga ao portátil...

 

Como oferecer meias, pijamas e pantufas de animais já é muito peúgas piegas, um homem resolveu oferecer um teste de DNA para toda a família fazer na hora da troca de prendas!!! 

 

HD Homem oferece testes de ADN para toda a famíli

(fonte da imagem: https://www.mirror.co.uk/news/weird-news/man-buys-entire-family-dna-13789963)

 

Como devem estar a suspeitar, o choque da surpresa resultou numa discussão mais acesa que a lareira e uma revelação digna de uma novela portuguesa de horário nobre...

 

Acabaram por confessar que um dos filhos não era do pai, mas sim de outro homem que aprovou as rabanadas da mãe ainda antes dela aprender a fazer o seu molho caseiro cujo segredo já não vai ficar só na família... 

Até gosto de ver alguém usar acessórios de Natal em ocasiões de festa, como um barrete vermelho na testa ou uma bandolete com armações de rena (não colocadas pelo parceiro...)

 

Ver uma mulher vestida de árvore de Natal com azevinhos a crescer nas sobrancelhas e musgo descontrolado a brotar pela sovacada fora... faz-me querer subir a um pinheiro e não querer jamais descer!

 

HD Mulher obcecada com moda natalícia.jpg

(fonte da imagem: https://www.standardmedia.co.ke/evewoman/article/2001307453/christmas-obsessed-fashion-designer-wonders-if-she-was-a-xmas-tree-in-her-past-life)

 

Jenny Wilson é uma fashion designer que afirma ter sido uma árvore de Natal no passado, mas não manteve enterrado o espírito decorado que é capaz de arruinar este doce feriado...

 

Algumas tradições e raízes devem permanecer intactas, outras aberrações decorações ficam muito bem guardadas num armário, cujas portas só devem abrir num Carnaval chuvoso, muito distante do dia de Natal... 

Lembro-me de me oferecerem, em criança, um daqueles calendários com a contagem decrescente para o Natal. Às vezes, ficava triste! Não só porque alguns dos chocolates sabiam a sabão light, mas também por tinha de partilhá-los com toda a gente que me abordava, dizendo:
"Olá fofinho, a tua casinha tem tantas janelinhas..."

 

HD Menina come chocolates de calendário de Natal

(fonte da imagem: http://handofmoscow.com/2018/12/24/mother-accidentally-fed-baby-cat-candy-and-was-horrified/)

 

A mãe (cujo decote é perfeitamente adequado para uma foto de família!) ofereceu acidentalmente à sua filha, com cara de quem já não vai receber um peluche do Baby Shark, um calendário de doces de Natal para gatos...

 

Ao fim de alguns dias, a pequena desconfiou que os quadradinhos verdes com sabor a bolachas de arroz com lodo não podiam ser chocolates normais, pois nunca lambia as patinhas os dedinhos e miou para a sua mãe a pedir-lhe comida húmida!!! 

 

Apercebendo-se do erro cometido, a mãe pediu desculpa e disse que começaria a levar o marido consigo às compras, para o engano não voltar a acontecer.
O marido concordou com ela e sugeriu prontamente, numa próxima visita ao supermercado, mudarem a marca do patê que comem lá em casa...