Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Relatos de pais que deixam crianças dentro de carros ou abandonados em casa a ver programas da TVI já não surpreendem ninguém... lamentavelmente!

 

E o que dizer dum casal chinês que deixou o bebé dentro de um cacifo público enquanto tomava um banho de grosseira irresponsabilidade...

 

HD Bebé dentro de cacifo.jpg

(imagem: https://static01.nyt.com/images/2009/05/22/arts/22flick600.1.jpg)

 

Desconhece-se o tempo que tenha ficado preso dentro cacifo, mas tenho todo o gosto em saber quanto tempo é que estes pais desnaturados vão ficar encacifados na prisão...

O ATM aprisiona papéis coloridos de felicidade em troca de um cartão e um código numérico!

 

Por vezes, tem igualmente cativo o responsável pela manutenção deste ritual que nos cativa a todos, que apenas o conhecemos pelo lado de fora... 

 

HD Preso no multibanco, pede ajuda no talão branc

(imagem: http://static-14.sinclairstoryline.com/resources/media/0902d1f8-8718-4e7d-b72e-07974a24f990-large16x9_VMANSTUCKINATM_frame_1799.jpg)

 

Um homem ficou preso numa caixa de multibanco e apenas conseguiu pedir ajuda, através de bilhetinhos que saiam da ranhura onde nascem as notinhas...

 

Se tentamos levantar dinheiro e recebemos pedidos de ajuda, quase que nos lembramos que a vida não tem preço e que o consumismo materialista pode ficar temporariamente fora de serviço!

Um chinês com alguns parafusos a menos (e outro apertado de mais) ficou preso com uma chave inglesa nos seus genitais...

 

HD Chave inglesa presa na porca tesa.jpg

(imagem http://www.menshealth.com/sites/menshealth.com/files/wrench-man-penis-main.jpg)

 

Foi necessária a intervenção de uma corporação de bombeiros, uma equipa médica e um dentista para desentalar a ferramenta de um chinoca que esteve 17 horas com a minhoca tolhidinha...


Quando não temos experiência em manusear ferramentas que não conhecemos, devemos simplesmente limitar-nos usar a nossa ou pedir uma mãozinha ao respetivo dono...