Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Para terminar a semana com o peixe do dia, ou parte dele, segue-se o verdadeiro insólito numa separação de bens nada amigável, nem doméstica...

 

Um americano foi condenado a uma pena de 4 meses de prisão por cometer peixicídio no resultado de uma discussão familiar muito mal oxigenada!

 

HD Peixe cortado ao meio.jpg

(imagem: https://i.ytimg.com/vi/1PuHI3UbB1A/maxresdefault.jpg)

 

Numa caldeirada demasiado condimentada, a vítima de uma disputa de bens foi nada mais e muito menos... um peixinho de estimação chamado Meia Barbatana!

 

Este filme de pobre animação não teve um final feliz!
É a sequela de 'À procura de Nemo' - Parte (em) 2...
 

Um casal de Anadia foi condenado a uma pena de prisão por ter plantado mais de 2 mil pés de cannabis. De acordo, com o seu advogado suficientemente alucinado, só quando a podaram, embalaram, pesaram e venderam é que descobriram que era droga...

 

HD Plantam droga por engano.jpg

(imagem https://www.420magazine.com/gallery/data/1412/Cathy_and_Robert_Jordan.jpeg)

 

A justificação para a perpetração do crime foi o suficiente para a polícia informar que a qualidade da erva produzida estaria ao nível de um chá de cidreira vomitado por uma vaca louca...

 

"É verdade que fizemos a plantação, mas não foi nada planeado"

De acordo com a mulher, ela e o marido começaram a tirar umas ervas daninhas no quintal ao fim da tarde e, no dia seguinte, quando acordaram, tinham uma sombra nas traseiras do tamanho de 666 'jardas' de canábis...

 O excesso de velocidade é uma realidade atual e preocupante nas estradas.
O excesso de idade para conduzir, pode levar uma septuagenária a uma pena de prisão entre 3 a 6 meses só porque conduzia a 145 km/h numa via onde apenas podia circular a 50...

 

old-lady-driving.jpg

 (imagem http://blindgossip.com/?attachment_id=43503)

 

Segundo a polícia, a avó nem reparou que ia em excesso de velocidade e pediu prontamente desculpa, prometendo não voltar a trazer a máquina de costura para a rua... (?)

 

Ainda não foi possível apurar se esta demasiado experiente condutora teve um espasmo no acelerador ou se estaria em overdose de Calcitrin!