Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Como já foi abastecido aqui vezes sem conta, o aumento dos combustíveis tem levado as pessoas a encontrar soluções económicas que podem concorrer lado a lado com os negócios da China...

 

Uma chinesa que não bate (nem usa...) bem do capacete foi apanhada pela polícia a conduzir um carrinho de choque, numa rua movimentada e sem música eletrónica azeiteira!

 

HD Mulher conduz carrinho de choque numa rua.jpg

(fonte da imagem: http://www.krdo.com/news/odd-news/woman-driving-bumper-car-on-street-stopped-by-police/748069575)

 

Se fosse um carrinho da Barbie, acredito que a polícia facilitasse caso a proprietária tivesse consigo os documentos do pópó a prova de compra do Toy "R" Us...
Agora, atendendo à insegurança e terror que todos já passamos nas feiras populares, aplaudo a ação policial que interrompeu a circulação da senhora... antes que lhe caísse a ficha!

Por vezes, acontece mesmo estar à hora errada, no sítio errado mas com a planta certa!
Cidreira? A sério? Não é bem essa...

 

Um direto para uma TV inglesa, sobre uma plantação de cannabis, acabou por apanhar um jovem a passear um vaso verdejante que começou a correr quando viu que estava a ser filmado...

 

HD Apanhado em direto com vaso de cannabis no meio

(fonte da imagem: http://www.dailymail.co.uk/news/article-5735245/Youth-carrying-potted-plant-sprints-live-broadcast-known-CANNABIS-FARM.html)

 

A investigação policial culminou com a apreensão de mais 87 vasos, se bem que estes não apreciavam um passeio pela rua, só para esticar os raminhos...

 

O casal acusado da posse de marijuana, primeiro alegou que era para consumo próprio!?
Depois que nem era para eles, era para clientes... com cancro! É isso... e fazia-lhes bem!!!
Entretanto lá confessaram a verdade e assumiram que só cultivam as plantas porque estas tinham umas folhas muito bonitas e era bom de se ver...yassss!

Se juntarmos a chuva ao menu diário dos transportes públicos, temos a refeição perfeita para quem pretende fazer dieta ao ser obrigado a caminhar para o seu local de trabalho...

 

Os motoristas de autocarros são como os porteiros de uma discoteca ambulante onde só entra quem está na guestlist de entrada limitada ao número de passageiros do traffic floor!

 

HD Mulher pára o trânsito por não a deixarem en

(fonte da imagem: https://www.noticiasaominuto.com/mundo/992668/motorista-negou-abrir-porta-do-autocarro-e-mulher-parou-o-transito)

 

Após ver a sua entrada recusada num autocarro, uma mulher colocou-se em frente ao veículo e parou o trânsito (completamente vestida...) de guarda-chuva em riste...

 

Só após a intervenção da polícia que autorizou a entrada da ativista rodoviária, o motorista conseguiu prosseguir a marcha, ao limpar a estupidez que estava espalhada no seu para-brisas...

A montanha pariu um rato... num parto extremamente delicado levado a cabo por agentes policiais cuja missão de parturiente pode facilmente ser confundida com argumentista de ficção científica!

 

HD Ratos comem meia tonelada de cannabis! Claro...

(fonte da imagem: https://www.royalqueenseeds.com/blog-the-threat-rats-mice-pose-to-cannabis-n433)

 

Meia tonelada de marijuana apreendida desapareceu (oh não!) dum armazém da polícia argentina e, de acordo com o depoimento em tribunal dos agentes envolvidos, a culpa é... dos ratos!

 

"Parece que aqueles que não alimentaram o (aqui há) gato, tiveram mesmo que dar de comer ao rato..."

Conhecem aquele filme com a Julia Roberts, sobre aquela noiva que...? Esqueçam lá isso!


Esta 'noiva em fuga' foi detida pela polícia, sob o efeito de álcool, depois de ter provocado um acidente enquanto se dirigia para a igreja. Esse local onde só o padre bebe vinho... tão injusto! 

 

HD Noiva presa a caminho do casamento.jpg

(fonte da imagem: http://metro.co.uk/2018/03/13/bride-amber-young-arrested-driving-influence-way-wedding-7382464/)

 

A noiva recusou-se a soprar ao balão, aquando da detenção, mas as análises ao sangue comprovaram que estava sob influência de álcool e medo de casar sóbria!

 

O atraso para o casório quase provocou um velório e o 'até que a morte nos separe' deve ficar a fermentar, pelo menos, até que o véu da noiva deixe de cheirar a vinho sacramentado...